Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269620
Type: TESE
Title: Professora, balde e com u ou com l? : o ato de mediar do professor alfabetizador
Author: Koerner, Rosana Mara
Advisor: Fiad, Raquel Salek, 1948-
Abstract: Resumo: Os modos como o professor da série inicial do Ensino Fundamental exerce o seu papel de mediador entre o sistema de escrita de uma língua e aqueles que o adquirem constituiu a questão de investigação da presente pesquisa. Esses modos se constituem num dado espaço - a sala de aula -, em determinadas situações e sob diferentes condições, tudo isso influenciando na organização das atividades de uma dada maneira. A partir da observação dos modos de mediação, indagações foram feitas acerca da formação desse professor, vendo-o como um sujeito sócio-historicamente constituído. Foram selecionadas duas professoras, com formações diferenciadas, participantes de um grupo de estudos coordenado pela investigadora, acompanhadas semanalmente em sua prática pedagógica. O corpus está constituído de registros escritos e de gravações em áudio, feitos durante as visitas às salas. A análise dos dados parece sugerir dois modos pelos quais as professoras observadas. exerceram o seu papel de mediadoras.Um dos modos pode ser tido como uma mediação na qual todos os acessos que o aluno tem, na sala de aula, ao sistema de escrita, são promovidos e autorizados por ela. Língua, nesse contexto, parece configurar-se como um objeto pronto e acabado, constituindo-se como um saber a ser adquirido. O aprendiz é visto como um receptor de informações fornecidas por um professor, detentor do conhecimento sobre o sistema de escrita. O outro modo pode ser tido como uma mediação na qual nem todos os acessos passam pela ação mediadora da professora, cujo papel pode ser provisoriamente repassado a um par ou a um material. Língua configura-se como um saber que se constitui a partir de um processo de construção, na qual o aprendiz tem parte atuante e o professor é visto como um gerenciador das atividades. As indagações surgem, especialmente, acerca do que poderia estar gerando esses modos diferenciados. Uma das possibilidades pode estar na formação das professoras observadas. Contudo, tanto em uma como em outra, foi possível perceber lacunas relativas ao seu conhecimento sobre o funcionamento da língua, apesar de esse constituir-se o objeto de ensino de sua ação mediadora, especialmente no que se refere à relação entre fonema e letra. Talvez esse aspecto seja um ponto a ser revisto nos cursos de formação de professores das séries iniciais do Ensino Fundamental

Abstract: This thesis analyzes how elementary school teachers mediate writing to first grade elementary school children who are acquiring written language. This action takes place in classrooms, under different conditions which influence how learning activities are organized. Considering that subjects are socialIy and historicalIy constituted, different mediation procedures were viewed as a reflection of the teachers' educational background. The analysis was based on data colIected through written and video records by observing two classrooms whose teachers had different educational backgrounds. Both teachers were attending, at the time of the data colIection, a study group coordinated by the investigator. The results point out two different mediating procedures. One of them can be described as folIows: the teacher is the one who promotes and authorizes alI possibilities of interaction between students and writing; language is conceived as a complete unit that is to be acquired by students who have a passive role in the acquisition process. The other procedure can be understood as a mediation where teacher does not control alI possibilities of students' interaction to language, since this role can be atributed to other students or to writing material. In this procedure language is conceived as a body of knowledge that is constituted through interactions in which students have an active role in this process. These results motivated us to inquire about the causes that might explain these differences. One of these causes is related to the teachers' educational background, although both teachers lack important linguistic concepts, especialIy those related to the relations between phonemes and letters. One conclusion of the thesis is that elementary school teacher training courses should include as part of their sylIabus the study of linguistics, both theoretical and applied.
Subject: Alfabetização
Professores - Formação
Ensino - Metodologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1999
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Koerner_RosanaMara_M.pdf5.54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.