Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269588
Type: TESE
Title: O tradutor como autor : transformação e sobre-vida do "original"
Author: Santana, Vanete Dutra
Advisor: Ottoni, Paulo, 1950-2007
Abstract: Resumo: Nos estudos literários, os textos traduzidos têm sido tradicionalmente considerados inferiores ao que se convencionou chamar texto original. Perpassando este conceito de originalidade do texto, encontramos uma série de preconceitos que foram se acumulando ao longo do tempo e que, em parte, devem-se mais a questões de mercado que necessariamente literárias. Porém, a despeito disto, a critica de tradução de caráter tradicionalista segue cobrando da tradução e do tradutor uma fidelidade ao "original" impossível de ser a1cançada,não reconhecendo a diferença como fator inerente à tradução. Ao montar o cenário em que se desenrola o jogo de relações entre originalidade, tradução e mercado editorial, e apontar o papel dos diferentes personagens que atuam neste cenário - escritores do texto de partida e do texto de chegada, teóricos, criticos, professores e editores de tradução -, nosso objetivo nesta dissertação é não apenas demonstrar que a constatada supervalorização do "original" se asseyya sobre um conceito equivocado de originalidade que precisa ser revisto, mas também empreender esta revisão. Para chegarmos a este objetivo, partimos do questionamento dos parâmetros usados por aqueles que consideram a tradução inferior ao "original" para distinguir um do outro. Ao analisar nosso corpus, composto por vários "casos" envolvendo questões de tradução, com destaque para a relação entre Charles Baudelaire e Edgar Allan Poe, chegamos à conclusão de que tais parâmetros não existem, o que implica a impossibilidade de se identificar com total segurança uma tradução quando não se dispõe do que chamamos elementos formais de distinção - nome do autor do original, título original, nome do tradutor e data de publicação do original e da tradução. Ao constatarmos que a inferioridade, em termos literários, não é inerente à tradução e, conseqüentemente, a superioridade não é inerente ao "original", esperamos o devido redimensionamento do valor do "original" e reconhecimento do valor da tradução, enquanto resultado e processo, bem como do tradutor

Abstract: Not informed.
Subject: Derrida, Jacques, 1930-2004
Baudelaire, Charles, 1821-1867
Poe, Edgar Allan, 1809-1849
Tradução e interpretação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santana_VaneteDutra_M.pdf3.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.