Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269578
Type: TESE
Title: Representações da infância, da adolescência e da juventude nas crônicas e na prosa ficcional de Raul Pompéia
Title Alternative: Representations of childhood, adolescence and youth in the chronicles and prose fiction by Raul Pompéia
Author: Nascimento, Danilo de Oliveira, 1974-
Advisor: Frungillo, Mario Luiz, 1960-
Abstract: Resumo: A presente tese de doutorado tem como objetivo geral discutir a presença da criança e da adolescente em vários níveis do texto e do contexto da ficção e da não-ficção de Raul Pompéia (1863-1895). Reconhecido pelos leitores e aclamado pela crítica literária como autor de um único romance, O Ateneu (1888), Raul Pompéia publicou, durante os anos de 1888 a 1895, nas notas de rodapé do Jornal do Comércio, da Gazeta de Notícias, do Diário de Minas, de Juiz de Fora - MG, uma série de crônicas em que se percebe sua reincidente predisposição em discutir problemas sociais e educacionais da infância e da adolescência durante as duas últimas décadas do século XIX no Brasil. Publicou, também, uma série de contos e novelas, em que a presença da criança e da adolescente não se refletia apenas nas personagens, mas se materializava por meio dos mais diversos tipos de comparações, analogias, alusões ou simples citações. Esta tese buscou identificar e discutir esses "meios" e "modos", mediante os quais a infância e a adolescência aparecem e reaparecem na não-ficção e na ficção de Raul Pompéia, visando à análise e à interpretação da representação literária de tais faixas etárias. Dessa busca, constatou-se a presença do cronista adulto, que denunciou a exploração econômica e afetiva dessas faixas etárias; que manifestou todo um discurso a favor da formação educacional, artística e política da juventude; que ironizou a retórica folhetinesca e melodramática, quando do registro do sofrimento e do abandono da infância; e que, também, manifestou seu deslumbramento com respeito à participação dessas faixas etárias em festas de natal, em romarias e em festas populares brasileiras. Constatou-se, também, a presença de narradores e personagens masculinos adultos, interessados pela pintura e pela escritura poética do corpo da menina. Esse interesse possibilitou perceber a manifestação de três mitos da infância e da adolescência retratados na prosa ficcional de Raul Pompéia: o da ingenuidade infantil, o da felicidade infantil e o da moça gentil ou moça anjo

Abstract: The objective of this doctoral thesis is to discuss the presence of the child and adolescent in the various levels of text and context, in both the fiction and non-fiction, written by Raul Pompéia (1863-1895). Known by readers and acclaimed by literary critics as being the author of only one novel, The Ateneu (1888), Raul Pompéia published, between 1888 and 1895, in the feuilleton of the Jornal do Comércio, of the Gazeta de Notícias, of the Diário de Minas, from Juiz de Fora, Minas Gerais, a series of chronicles in which it is possible to note a recurring predisposition towards discussing social and educational problems related to childhood and adolescence during the last decades of the 19th Century in Brasil. Raul Pompéia also published a series of short stories and novellas in which the presence of both the child and the adolescent is not only reflected in the characters, but also materializes throughout the most varied comparisons, analogies, allusions or simple citations. In this way, this thesis seeks to identify and discuss the "means" and "manners" through which both childhood and adolescence appear and reappear in the fiction and non-fiction produced by Raul Pompéia, aiming at the analysis and interpretation of the literary representation of these age groups. Through this research, it was possible to verify the presence of the adult chronicler who denounced the economic and affective exploitation of these age groups, which in turn manifested discourse in favor of the educational, artistic and political development of youth, rendering ironical the feuilleton-style and melodramatic rhetoric that registers the suffering and abandon of childhood, also having manifested a fascination in regards to these age groups' participation in Christmas festivities, religious processions and popular Brazilian festivals. It was also possible to verify the presence of narrators and masculine adult characters interested in the artistic and poetic qualities of girl's bodies. Such interest makes it possible to perceive the manifestation of three myths about childhood and adolescence also portrayed in the fictional prose of Raul Pompéia: that of infantile ingenuity, infantile happiness and that of the gentle or angelic girl
Subject: Pompeia, Raul, 1863-1895 - Crítica e interpretação
Representações sociais
Literatura
Infância
Adolescência
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Nascimento_DanilodeOliveira_D.pdf1.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.