Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269571
Type: TESE
Title: O vocabulario na sala de aula de língua estrangeira : contribuições para a elaboração de uma teoria de ensino-aprendizagem
Title Alternative: Vocabulary in a foreign language classroom: contribution to the building of a teaching-learning theory
Author: Gattolin, Sandra Regina Buttros
Advisor: Scaramucci, Matilde V. R., 1951-
Scaramucci, Matilde Virginia Ricardi, 1951-
Abstract: Resumo: A aquisição da competência lexical tem sido considerada um dos maiores desafios encontrados por professores e alunos de inglês como língua estrangeira. Após o contato com palavras novas nos livros didáticos e nas atividades de sala de aula, são freqüentes os casos de aprendizes que não conseguem usá-las novamente por desconhecimento das mesmas. Os professores reconhecem a necessidade de ajudar seus alunos nesse sentido, mas, aparentemente, não sabem como lidar com o problema; aqueles que insistem em encontrar uma solução acabam sentindo um retorno às antigas práticas já conhecidas por sua limitada eficiência. Assim, evidências da necessidade de uma maior atenção destinada ao léxico nas aulas de língua inglesa motivaram as pesquisas em busca da construção de uma teoria de aquisição de vocabulário, e não são poucas as contribuições teóricas disponíveis na literatura. Poucos pesquisadores, entretanto, têm buscado demonstrar como operacionalizar tais teorias dentro de uma abordagem de ensino com foco na comunicação. Visando minimizar essa lacuna, o objetivo desta pesquisa, de natureza interventiva, foi investigar, entre alunos universitários brasileiros, seu processo de aprendizagem de vocabulário mediado por um material de leitura para fins específicos, produzido com o foco voltado para a formação de leitores autônomos. As atividades de vocabulário constantes desse material foram fundamentadas no conceito rico de vocabulário, proposto por Richards (1976) e estendido por Scaramucci (1995). Os dados coletados são de natureza quantitativa e qualitativa. Os dados de natureza quantitativa foram obtidos por meio da aplicação de duas baterias de testes para verificação do conhecimento lexical dos participantes do estudo. Os resultados obtidos no pré-teste e no pós-teste foram comparados e analisados estatisticamente através das técnicas do teste de Friedman e teste-t, evidenciando que, ao término do curso, a extensão do vocabulário dos participantes era significativamente maior do que no início dele. Os dados de natureza qualitativa foram obtidos por meio de um questionário para levantamento das estratégias de aprendizagem de vocabulário, diários dialogados e observações em sala de aula gravadas em áudio. Essa triangulação permitiu inferir que a interação promovida pelo material desenvolvido para o curso, com foco na profundidade do conhecimento do léxico, foi um dos aspectos da sala de aula que mais contribuíram para a construção desse conhecimento. Permitiu inferir também que o professor tem papel fundamental nesse processo. Entre as contribuições oferecidas por este estudo está o conjunto de princípios que subjaz à construção do conhecimento acima referido

Abstract: One of the greatest problems teachers and students face when teaching and learning a foreign language concerns vocabulary acquisition. After meeting certain words in books and/or class activities, students are not able to use these words again. Although teachers realize they should do something to help their students, they seem not to know how to deal with this problem; the ones who attempt very often feel they are falling back on audiolingual practices. Researchers have long tried to build a theory to fill this gap, and much has already been done, but, so far, few professionals have shown how to produce knowledge with the knowledge acquired from research, specially how to approach theory-based vocabulary activities in a communicative way. Aiming at reducing this gap, the objective of this study was to investigate the vocabulary learning process of a group of Brazilian university students using an English for Specific Purpose material produced not only to enable the development of the reading skill but also to help learners be aware of the aspects involved in knowing a word so that they could continue building their lexical knowledge autonomously. The material designed for the course included both reading activities and activities which focused on systematizing vocabulary teaching and learning, all of which based on the rich concept of vocabulary acquisition, proposed by Richards (1976) and extended by Scaramucci (1995). Quantitative and qualitative data were collected. The former were obtained in two sets of six vocabulary knowledge scales, accomplished by the participants at two distinct points in time. Their answers were compared and statistically analyzed with the use of Friedman test and t-test techniques. Results have shown that at the end of the intervention students knew a significantly higher number of words than they did at the beginning of the course. Qualitative data were collected with the use of three different types of research instruments: a questionnaire, diaries and classroom observation. Qualitative analysis allowed inferring that the interaction promoted by the material was one of the aspects which most contributed to the building of this knowledge. Similarly important was the role of the teacher in this process. Among the contributions offered by this research is a set of principles that seemed to have underlain these students¿ vocabulary acquisition
Subject: Vocabulário - Estudo e ensino
Leitura
Vocabulário
Material didático
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gattolin_SandraReginaButtros_D.pdf10.46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.