Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269561
Type: TESE
Title: Percepções de alunos universitarios brasileiros aprendizes de ingles como LE sobre auto-avaliação
Title Alternative: Brazilian university english students perceptions of self-assessment
Author: Cato, Mariana Consorte
Advisor: Scaramucci, Matilde Virginia Ricardi, 1951-
Abstract: Resumo: Devido às críticas que o sistema tradicional de avaliação tem recebido, as avaliações chamadas alternativas tornam-se populares. Dentre elas, destaca-se a auto-avaliação. Esta pesquisa tem por objetivo investigar as percepções que alunos de uma universidade do interior paulista, aprendizes de inglês como língua estrangeira, têm sobre a auto-avaliação e quais os fatores que poderiam influenciar essas percepções. Os dados foram coletados através de um questionário, respondido por 156 alunos e, posteriormente, complementados com dados de uma entrevista com sujeitos identificados como típicos e não típicos desse contexto. Os resultados mostram que os alunos não possuem uma visão equivocada do que é auto-avaliação, apesar de não estarem familiarizados com ela. Além disso, não encontramos evidências de que fatores como traços da personalidade do aprendiz, sua história de aprendizagem e sua motivação afetam suas percepções, ao contrário das culturas de avaliar e aprender, que mostraram influenciar esse pensar

Abstract: Due to the criticism the traditional evaluation system have received, the so-called alternative assessments become popular. Among them, the self-assessment stands out. The aim of this research is to investigate the perceptions of self-assessment by students, learners of English, from a university in the interior of São Paulo state and the variables that may influence their perceptions. The data were collected through a questionnaire answered by 156 students and, later, were complemented by an interview with typical and non-typical students. The results showed that these students do not have a mistaken view of self-assessment, in spite of being unfamiliar with this kind of assessment. Besides, no evidences were found that variables such as personality traits, learning history and motivation affect students' perceptions, unlike the evaluation and learning cultures, that showed to influence their thinking
Subject: Língua estrangeira
Ensino
Avaliação
Autoavaliação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cato_MarianaConsorte_M.pdf1.04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.