Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269531
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Representações acerca do trabalho da leitura e da escrita em grupo de apoio a crianças surdas
Title Alternative: Representations about reading and writing in a support group for deaf children
Author: Nogueira, Aryane Santos, 1986-
Advisor: Cavalcanti, Marilda do Couto, 1948-
Abstract: Resumo: O presente estudo tem como foco de pesquisa um contexto de grupos de apoio a crianças surdas que apresentam dificuldades em relação à leitura e à escrita. Minha inserção nestes grupos de apoio se deu como a profissional que atuava em um programa de aprimoramento profissional cursado no centro de reabilitação no qual os grupos de apoio estavam inseridos e também como pesquisadora, cujo aporte teórico partiu de uma visão transdisciplinar (CAVALCANTI, 2006) da Linguística Aplicada. Fazem parte desta pesquisa, ao todo, 14 crianças surdas (7 meninas e 7 meninos), sendo que 9 freqüentavam o grupo no período da manhã e 5 no período da tarde. Assim como as crianças surdas, fazem parte desta pesquisa as mães/responsáveis por estas crianças, a professora surda que atuava nos grupos de apoio e esta pesquisadora. A seguinte pergunta de pesquisa foi elaborada na tentativa de compreender as representações a respeito do trabalho com a leitura e a escrita: que representações sobre as práticas de leitura e escrita, dos pontos de vista das crianças surdas, das famílias e da professora surda, permeiam a interação em sala de apoio para estudantes surdos? Esta pergunta foi direcionadora na tentativa de compreender o que acontecia no contexto observado, sendo que a opção por um estudo qualitativo de cunho etnográfico (ERICKSON 1986, 1989) para a geração dos registros (por meio de observação participante e elaboração de diários de campo e entrevistas) e análise dos dados se deu principalmente pela preocupação com a construção de significados sociais das ações observadas em campo, não só a partir de minha visão como pesquisadora, como também pela visão dos participantes da pesquisa. A fundamentação teórica também se baseou em conceitos como o de representação proveniente dos Estudos Culturais (HALL, 1997; SILVA, 2000, 2001, entre outros) e de letramento advindo de teorias comprometidas com uma perspectiva social (STREET, 1984; BARTON, 1994; KLEIMAN, 2001; TERZI, 2001). Os resultados da análise sugerem que os participantes da pesquisa apresentam representações que remetem a uma grande narrativa da escrita que credita à essa prática as benesses (CAVALCANTI e SILVA, 2007) de uma melhoria de vida. Na tentativa de inserção destes sujeitos nesta grande narrativa, foi possível observar um jogo de faz de conta (GIORDANI, 2004) que mostra a realidade destes sujeitos diante da escrita

Abstract: The present study focuses on research done with context support groups for deaf children who present reading and writing difficulties. My participation in this support group was as a professional acting in a professional improvement program held at the rehabilitation center in which the support groups were inserted, and also as a researcher whose technical subsidy came from a transdisciplinary view of Applied Linguistics (CAVALCANTI, 2006). 14 deaf children (7 girls and 7 boys) are part of this research, and 9 of them participated in the group in the morning and five in the afternoon. Additionally to the deaf children, their parents/tutors, the deaf teacher acting in the support groups as well as the researcher were also part of this work. The following research question was elaborated in an attempt to comprehend the representations concerning work with reading and writing: what representations about reading and writing practices, from the point of view of the deaf children, the families and the deaf teacher permeate the interaction in a support class for deaf students? This question was directed as an attempt to comprehend what happened in the observed context since the option for an ethnographic qualitative study (ERICKSON 1986, 1989) for generation of records (by means of participative observation and elaboration of field journals and interviews) and data analysis was mainly due to the worrying about the building of social meanings in the actions observed in the field, not only from my view as a researcher, but from the view of the research participants as well. The theoretical basis of this research was also based in concepts as representation from Cultural Studies (HALL, 1997; SILVA, 2000, 2001, among others) and literacy from theories committed to a social perspective (STREET, 1984; BARTON, 1994; KLEIMAN, 2001; TERZI, 2001). The results of the analysis suggest that the research participants presented representations which lead to a great narrative of writing that lends credit to this practice as the profits (CAVALCANTI and SILVA, 2007) of life improvement. In an attempt of inserting these subjects into this great narrative, it was possible to observe a game of make believe (GIORDANI, 2004) which shows the reality of these subjects when facing writing
Subject: Surdez
Letramento
Representações
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Nogueira_AryaneSantos_M.pdf530.63 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.