Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269514
Type: TESE
Title: A tradução de imagens e palavras nas histórias em quadrinhos de Asterix
Title Alternative: The translation of images and words in the Asterix comic books
Author: Silva, Adriano Clayton da, 1978-
Advisor: Veras, Viviane, 1950-
Veras, Maria Viviane do Amaral, 1950-
Abstract: Resumo: Ainda há poucos trabalhos acadêmicos explorando as possibilidades da tradução em ambientes multissemióticos como as Histórias em Quadrinhos (HQs), embora estas sejam cada vez mais consumidas, o que inclui as traduzidas. Nas HQs, as imagens, como as palavras, têm significados diferentes em cada sociedade e, por esse motivo, precisam ser consideradas na tradução. Imagens, palavras e elementos quadrinísticos (EQ) ¿ como o balão ou a onomatopeia ¿ representam um grande desafio ao tradutor, especialmente quando as imagens e os EQ não podem ser modificados por questões de direitos autorais. Esta dissertação pesquisou a tradução nas HQs, tendo como objetivo entender como os elementos não verbais afetam as escolhas do tradutor. A metodologia utilizada foi qualitativa, documental, descritiva e interpretativa, ou seja, dependente da sensibilidade e interpretação do pesquisador. O corpus compreendeu quatro álbuns impressos de HQ do personagem francês Asterix, com suas versões na língua original e as respectivas traduções para o público brasileiro. A pesquisa mostrou-se profícua e proveitosa, pois exigiu, além da fundamentação teórica no campo dos estudos de Tradução, a busca por outras teorias nos campos das Artes, da Linguística Aplicada, da Semiótica entre outros. Especial destaque à Multimodalidade e à Paratradução, ferramentas teóricas que permitem repensar as imagens e a tradução. Como resultado, concluiu-se que as imagens e os EQ influenciam muito as escolhas do tradutor, pois seu trabalho e liberdade ficam restritos ao interior dos balões, ao título, às notas de rodapé e a outros raros locais dentro de um quadrinho. Mais do que restrita, a tradução tem de se encaixar em espaços originalmente não previstos para ela, e ainda deve estar em "harmonia" com o que as imagens e EQs "dizem" em cada vinheta e no contexto geral do álbum, tira, cartum ou qualquer um dos gêneros possíveis do supergênero HQ. O tradutor então deve conhecer não apenas as línguas/culturas de chegada e de partida, mas também os elementos imagéticos, e outros sistemas semióticos e simbólicos, que afetam os diversos contextos sociais que vão surgindo na interação entre imagens, EQs e palavras

Abstract: There are few academic papers exploring the possibilities of the translation in multisemiotic environments, like the Comics, although the consumption of them is increasing, including the translated ones. In the comics, the images, as the words, have different meanings in each society and, therefore, need to be considered in translation. Images, words and exclusive comic elements (ECE) - as the balloon or onomatopoeia - represent a major challenge to the translator, especially when the images and the ECE cannot be modified by copyright issues. The aim of this study was to understand how non-verbal elements affect the translator's choices. The methodology was qualitative, documentary, descriptive and interpretive, i.e. dependent on the sensibility and interpretation of the researcher. Data analysis was conducted using four printed comic albums of the French character Asterix, with their versions in the original language and their translations for the Brazilian public. The research has been proved fruitful and profitable because it required, in addition to the theoretical foundation in the field of translation studies, the search for other theories in the fields of Arts, Applied Linguistics, Semiotics and others. Special emphasis was given to Multimodality and Paratranslation, theoretical tools that allow rethinking of the images and translations. As a result, it was concluded that the images and ECE really influence the translator's choices, since their work and freedom are limited to places such as interior of balloons, the title, the footnotes and other rare places in a frame. More than limited, the translation has to fit into spaces originally not planned for it. And it must be in "harmony" with the images and what the ECE are "saying" in each frame and in the general context of the album, strip, cartoon or any of the possible genres of the Comic Supergenre. The translator, therefore, must not only know the source/target languages and cultures, but must also know the pictorial elements and other semiotic and symbolic systems that affect the numerous social contexts that arise in the interplay between images, ECE and words
Subject: Asterix (História em quadrinhos) - Traduções
Tradução e interpretação
Multimodalidade (Linguística)
Paratradução
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_AdrianoClaytonda_M.pdf7.38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.