Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269493
Type: TESE DIGITAL
Title: A rua e a universidade : gritos e sussurros na representação de si e do outro
Title Alternative: The street and the university : screams and whispers in the representation of itself and the other
Author: Casalinho, Carlos Alberto, 1949-
Advisor: Coracini, Maria José Rodrigues Faria, 1949-
Abstract: Resumo: As perspectivas e os conceitos que orientam esta pesquisa são os do Discurso, sobretudo os desenvolvidos por Michel Foucault; seu questionamento a respeito do papel do sujeito e sua relação com o poder seja ele disciplinador ou o poder-saber. Também são relevantes as questões sobre identidade, representação e memória, como também a relação entre ler e interpretar, uma vez que a pesquisa volta-se para os efeitos de sentido que emergem nas leituras realizadas pelos participantes da pesquisa. A metodologia de trabalho consiste na apresentação de quatro textos a dois grupos sociais distintos; o primeiro formado pelos chamados moradores de rua e o segundo, por universitários de um curso de Pedagogia. Aos dois grupos foram apresentados os mesmos textos e os comentários dos participantes foram gravados e posteriormente transcritos para análise. Partindo do pensamento de que classes populares não são capazes de ler e interpretar textos mais complexos, essa capacidade seria uma qualidade apenas das classes mais privilegiadas, assim, classes sociais diferentes realizariam leituras, também, diferentes. Este trabalho vai em direção contrária à essa visão pois construímos a hipótese de que leituras realizadas por grupos distintos guardam fortes similaridades. Ao trabalhar com os comentários dos chamados moradores de rua e dos universitários, pode-se perceber que seus dizeres são atravessados por enunciados de outras formações discursivas e, sendo o discurso um conjunto de enunciados com regularidades e dispersões, portanto, heterogêneo; o sujeito se apresenta também fragmentado, não homogêneo e para chegarmos à representação de si e do outro é necessário a presença de um estudo que coloca em funcionamento as representações que o sujeito faz de si mesmo e que as constrói pelo olhar do outro. Os participantes de pesquisa entrelaçam fragmentos de uma memória carregados de fios de uma realidade ou talvez de uma ficção que lhes permitem, ao mesmo tempo, apresentarem-se semelhantes e diferentes, uma vez que seus comentários são tecidos de memória e esquecimento

Abstract: The perspectives and the concepts that guide this research are the ones of the discourse, mainly the ones developed by Michel Foucault; his studies regarding the role of the subject and its relation with the power: disciplinarian power or the power/knowledge. The studies on identity are also important as well as the representation and memory, as well as the relation between reading and interpreting, since the research turns toward the effects of the sense that emerge in the reading of the participants of the research. The research methodology consists of introducing four texts to two distinct social groups; the first one is formed by street people, and the second one is formed by university students from a Pedagogy course. The two groups read the same texts, the participant's commentaries were recorded and then transcribed for analysis.The thought that pupils of public schools are not capable to read and to interpret texts more complexes became popular. The capacity of reading and interpreting would be a goal at wealthy people schools, thus, different social classes would read differently. This research points at an opposite direction from this point of view, therefore, we formulate the hypothesis that distinct groups have similar reading interpretation. In the commentaries of the street people and the college students, we noticed that their sayings are crossed by other discursive formations. The discourse is a set of utterances with regularities and dispersions, thus the subject is also presented with regularities and dispersions, a fragmented subject, not homogeneous. Then, to study the subject¿s representation of itself and the other it is the necessary a research that deals with the representations that the subject brings about itself and that it constructs through the eye of the other. The participants intertwine fragments of a memory that is full of reality threads or perhaps of a fiction that allows them to present themselves as equal and similar one to each other, since their comments are woven of memory and oblivion
Subject: Análise do discurso
Pessoas desabrigadas
Estudantes universitários
Sujeito (Analise do discurso)
Identidade (Psicologia)
Representação (Linguística)
Memória
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Casalinho_CarlosAlberto_D.pdf4.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.