Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269481
Type: TESE
Title: Escrita disciplinar e psicologia : laudos como estrategia de controle das populações
Title Alternative: Psychology and disciplinary writing : report as strategies to populations' control
Author: Sathler, Conrado Neves
Advisor: Coracini, Maria José Rodrigues Faria, 1949-
Abstract: Resumo: Este trabalho apresenta uma análise de Laudos Psicológicos como textos construídos num imbricamento de discursos científicos, técnicos e administrativos e que são, hoje, na sociedade brasileira, motivo de tensões dentro da categoria profissional dos psicólogos e, também, nas instituições onde são exigidos, requeridos, discutidos, ensinados, regulamentados, rejeitados, refutados e transformados em elementos de disputas jurídicas para reconhecer ou não sua validade. Filiada às teorias da subjetividade, esta tese parte do pressuposto de que o sujeito é um efeito do discurso, construído, portanto, pela linguagem; logo, essa escrita constrói um sujeito em linguagem psicológica; no entanto, o sujeito hegemônico no Laudo Psicológico é o sujeito disciplinar - posto em circulação em linguagem psi -, segundo a lógica dicotômica moderna e, conseqüentemente, sujeito adequado ou inadequado, normal ou anormal, produtivo ou improdutivo ou, em última análise, sujeito disciplinado ou indisciplinado, apropriado ou não, segundo critérios desse dispositivo de poder. Por se tratar de um dos agentes do Biopoder, o Laudo Psicológico se insere nas estratégias de controle da população e nos arquivos do Estado. Porém, estando na ordem do discurso, o próprio Laudo é objeto de controle e o Manual de Elaboração de Documentos Escritos por Psicólogos - corpus da presente pesquisa - se inscreve como instrumento de controle discursivo, enquanto modelo de escrita, e disciplinar, enquanto norma regimental. Ao afirmar que o sujeito é construído em linguagem psi, pode-se ter a impressão de que esse sujeito é definido segundo uma linguagem técnica ou profissional; contudo, na análise de 5 laudos psicológicos, observa-se uma panacéia em discurso já disseminado e naturalizado. As conseqüências éticas e sociais da disseminação do discurso psi vão da banalização dos laudos até o enfraquecimento dos processos jurídicos, educacionais e administrativos neles baseados.

Abstract: This project presents an analysis of Psychological Findings such as texts built in imbricated scientific, technical and administrative discourses, and that today, in the Brazilian society, are reason of tension within the psychologists professional category and that also in the institutions where they are demanded, required, discussed, taught, regulated, rejected, refuted and transformed in elements of juridical disputes to recognize or not its validity. Affiliated to the subjectivity's theories, this thesis understands that the subject is an effect of the constructed discourse, therefore, by language; ergo, this writing builds a subject in psychological language; however, the hegemonic subject in the Psychological Finding is the disciplinary subject - put in psi language, according to the modern dichotomic logic, and consequently, adequate or inadequate subject, disciplined or undisciplined subject, appropriated or not, in accordance to the criteria of this power device. For being one of the Biopower agents, the Psychological Finding is inserted in the population control strategies and in the State archives. However, being in the discourse order, the Finding itself is object of control and the Documents Written by Psychologists Elaboration Manual - corpus of the present research - can be considered an instrument of discursive control, as a writing model, and disciplinary, as a regimental model. When affirming that the subject is built in psi language one can have the impression that this subject is defined according to a technical or professional language; nevertheless, in the analysis of the five psychological findings it is observed a panacea in a already disseminated and naturalized discourse. The ethical and social consequences of the psi discourse dissemination go from the banalization of the findings to the enfeeblement of the juridical, educational and administrative processes based on them.
Subject: Discurso
Subjetividade
Arquivos
Escrita
Psicologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sathler_ConradoNeves_D.pdf918.05 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.