Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269474
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Uma visão discursiva dos trabalhos em grupos cooperativos em aulas de lingua portuguesa
Author: Pereira, Flavio Galvão
Advisor: Coracini, Maria José Rodrigues Faria, 1949-
Abstract: Resumo: O objetivo desta pesquisa foi investigar a dinâmica de funcionamento de um trabalho em grupo, desenvolvidopor alunos, em aulas de língua portuguesa para o primeiro grau. Nossa hipótese de trabalho era que, a partir do momento que os alunos eram reunidos em grupo, o lugar de poder tradicionalmente exercido pelo professor em sala de aula, passava a ser exercido pelos próprios membros do grupo, mantendo, assim, presente a "imagem" do professor. Com base na perspectiva de análise discursiva desenvolvida pelo filósofo francês Michel Foucault, investigamos a concepção de trabalho em grupo presente em livros didáticos de língua portuguesa para o primeiro grau e nos Parâmetros Curriculares, bem como analisamos diversas transcrições de aulas que utilizaram o trabalho em grupo. Embora a prática de trabalhos em grupo seja vista como uma alternativa pedagógica positiva, no sentido de propiciar um melhor entrosamento, possibilidades de cooperação entre os alunos e, conseqüentemente, uma melhor qualidade no processo de aprendizagem, a análise do nosso corpus mostrou que nem sempre isso ocorre. Muitas vezes, os alunos acabaram por desempenhar as funções exerci das pelo professor, através, principalmente, de atimdes de controle e vigilância dos próprios colegas. Observamos, ainda, que manifestações de cooperação e trabalho conjunto entre os membros do grupo foram preteridas em função da divisão do trabalho e distribuição das tarefas, caracterizando, assim, o trabalho em grupo como simples trabalho "individual". Alguns alunos, também, beneficiaram-se dos trabalhos dos colegas, o que levou, por exemplo, a uma homogeneização dos textos escritos produzidos por eles

Abstract: This research aimed at investigating the functioning of a group work developed by students in junior high school portuguese classes. We have dealt with the hypothesis that while working in groups, power, traditionally exercised by the teacher in the classroom, carne to be performed by students themselves, which contributed to maintain present the "image" of the teacher. Based on Michel Foucault' s perspective of discourse .analysis, we have investigated the conception of group work found in textbooks used to teach portuguese as well as curriculum parameters. Recorded classes were also analysed. Although the practice of group work is seen as a positive pedagogical altemative, able to provi de students with better interaction pattems, cooperation possibilities and, consequently, a better quality of the leaming process, data analysis have shown that this is not always reached. Sometimes, students ended up performing the functions of the teacher by controlling and watching their own classmates. We have also noticed that manifestations of cooperation within group work were put aside by dividing the task into parts each student had to do separately, which characterized group work as an "individual" activity. Some students have even made use of their classmates' texts as a model, which served to homogenize their texts
Subject: Foucault, Michel, 1926-1984
Poder disciplinar
Análise do discurso
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1999
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pereira_FlavioGalvao_M.pdf3.97 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.