Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269472
Type: TESE
Title: Aulas "alternativas" de leitura em lingua estrangeira : historias "provocadoras" e deslocametos de posições subjetivas
Author: Murce Filho, Newton Freire
Advisor: Coracini, Maria José Rodrigues Faria, 1949-
Coracini, Maria Jose R. F.
Abstract: Resumo: Esta pesquisa consistiu na observação de manifestações de heterogeneidade. (do discurso e do sujeito) e de deslocamentos de posições subjetivas por parte do professor e dos alunos em aulas de leitura em língua estrangeira. Para isso, partimos da hipótese de que procedimentos metodológicos "alternativos" poderiam favorecer a manifestação de deslocamentos em uma prática discursiva regular, que normalmente mantém os sujeitos da sala de aula ocupando posições previsíveis e aparentemente estabilizadas: o professor exercendo a posição daquele que direciona a produção de efeitos de sentido, e o aluno ocupando a posição de quem não tem autoridade para significar, ou que significa conforme o gesto de interpretação do professor. Foram analisadas aulas "alternativas" de leitura para oito grupos de estudantes de língua inglesa de nivel intermediário. Fundamentando-nos em uma perspectiva discursiva de análise, que problematiza a questão da atribuição de sentidos, os processos de constituição do sujeito, a determinação histórica dos processos de significação, bem como as condições de produção da linguagem, analisamos as falas do professor e dos alunos, além da produção escrita dos últimos a respeito da leitura de versões contemporâneas de contos de fada, chamadas, aqui, de histórias "provocadoras". Levando sempre em conta a tensão entre o que parece o mesmo e, ao mesmo tempo, diferente, as análises apontaram para manifestações de heterogeneidade, através de vozes constitutivas de diferentes formações discursivas entrecruzando-se no dizer de ambos os sujeitos da sala de aula. Quanto aos deslocamentos, notamos que o professor ocupou a posição predominante de ouvinte, enquanto os alunos exerceram a posição de produtores de efeitos de sentido. Nessa posição, constituíram-se enquanto autores, organizando, responsabilizando-se pelo seu dizer e problematizando sentidos. Suas posições diante da leitura das histórias provocadoras apontaram para uma propensão menor ou maior do sujeito a re-significar, ou re-significar-se

Abstract: This research aimed at observing manifestations of heterogeneity (of the discourse and of the subject), and of displacements of subjective positions of the teacher and of the students in foreign language reading classes. It was based on the hypothesis that "alternative" methodological procedures could favour the emergence of displacements in a regular discourse practice which normally keeps the subjects of the classroom occupying predictable and apparently stable positions, that is, while the teacher directs the production of effects of senses, the student occupies the position of the one who has no authority to signify, or who signifies according to the teacher's gesture of interpretation. Eight "alternative" reading classes of English students at intermediate levei were analysed. The analysis was conducted in the light of a discourse perspective, which problematizes the question of the attribution of senses, the processes of the constitution of the subjects, as well as the conditions of the production of language. Speech of both the teacher and the students was analysed, as well as the written production of the latter in respect of the reading of contemporary versions of fairy tales called "provocative" stories in this study. Taking into account the tension between what seems to be the same and, at the same time, different, the analysis pointed out manifestations of heterogeneity through voices which constitute different discourse formations that intersect among themselves. Concerning the displacements, it was observed that the teacher occupied the predominant position as a hearer, while the students adopted the position of producers of effects of senses. This way, they constituted themselves as authors, taking responsibility for their own speech, problematizing senses. Their positions as readers of "provocative" stories pointed to a lesser or greater inclination on the part ofthe subject to re-signify, or re-signify itself
Subject: Análise do discurso
Leitura
Contos de fada
Subjetividade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1998
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
MurceFilho_NewtonFreire_M.pdf18.75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.