Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269439
Type: TESE
Title: O que motiva alunos adultos a aprender inglês como língua estrangeira : um estudo Q
Title Alternative: What motivates adult students to learn English as a foreign language : a Q study
Author: Castellanos Trujillo, Jaime Alexander, 1988-
Advisor: El-Dash, Linda Gentry, 1946-
Abstract: Resumo: Este trabalho apresenta uma investigação acerca das opiniões de alunos brasileiros, adultos, profissionais, que fazem aula particular de inglês sobre o que os motiva a aprender a língua inglesa como LE. Apresentamos inicialmente a trajetória da pesquisa, seguida de uma revisão teórico-metodológica. Valemos-nos da Metodologia "Q", que usa instrumentos de pesquisa de cunho qualitativo e quantitativo, realizando três grupos focais e seis entrevistas individuais, com alunos adultos profissionais que fazem aula particular de inglês na cidade de Campinas, SP. Da discussão de tais grupos focais e da literatura relacionados a esta área de pesquisa obtivemos 183 opiniões (assertivas), das quais selecionamos 52, que conformaram a nossa Amostra "Q". Posteriormente, 29 alunos participaram da Distribuição "Q", comunicando seu grau de concordância e/ou discordância com as assertivas, através da hierarquização das mesmas no programa FLASHQ Offline v.1.0. Uma vez feito isto, fizemos uma análise estatística e fatorial, usando o software PQ Method v.2.3.1, que gerou quatro perfis altamente correlacionados; no entanto, cada um deles com um foco diferente e, em consequência, motivado por diferentes aspectos. Os resultados mostram que os doze alunos do perfil 1, focados no conteúdo linguístico, valorizam o conteúdo das aulas, a leitura e a reescrita, mas especialmente a precisão. Sentem-se motivados para continuar com o seu aprendizado uma vez que conseguem se expressar apropriadamente. Os cinco alunos do perfil 2, focados nas dificuldades do aprendizado, reconhecem a importância de produzir e usar a LE corretamente, mas percebem muitos problemas para fazê-lo e, com frequência, sentem-se frustrados porque usualmente não o conseguem, mostrando-se inseguros para produzir na LE. Os quatro alunos do perfil 3, focados no uso da LE, veem-na como uma ferramenta que deve ser usada, seja para a obtenção de um emprego melhor ou para comunicação de ideias no mundo real; porém, não se preocupam com a precisão. Finalmente, os quatro alunos do perfil 4, focados nas condições de aprendizado, centralizam sua atenção em um ambiente agradável, livre de pressões, que ofereça atividades e dinâmicas relevantes para a sua vida

Abstract: This study, situated within the field of applied linguistics, presents our investigation of some professional, adult, Brazilian learners¿ who study English, about what motivates them to learn English as a foreign language. We present first the development of our research, followed by a theoretical and methodological review. We use Q methodology, which uses both qualitative and quantitative research tools. We conducted three focus groups and six individual interviews with professional adult learners who have private English lessons in Campinas, SP. We gathered a total of 183 statements (opinions) out of such focus groups as well as the literature, from which we selected 52 to form the Q Sample. Then, 29 students were invited to take part of the Q distribution, by showing their level of agreement and/or disagreement to the statements using the software FLASHQ Offline v.1.0. After that, the results were submitted to factor analysis through the software PQ Method v.2.3.1, which generated 4 different factors highly correlated, each one of them with a different focus, though, and, consequently, driven by different aspects. We found that the twelve learners who belong to factor 1, focused on linguistic content, value greatly the grammar contents, as well as reading and rewriting, but above all accuracy. They feel motivated to continue to learn the language once they can convey appropriately. We also noticed that although the five learners who belong to factor 2, focused on learning difficulties, recognize the importance of producing and using the L2 adequately, they perceive many problems to do so and, frequently, feel frustrated since they usually can't do it, showing themselves quite self-doubting to produce the L2. On the other hand, the four learners who belong to factor 3, focused on L2 use, see the language as a tool that must be used, either to obtain a better job or to communicate their ideas in their real world; they don't seem to care about accuracy, however. Finally the four learners who belong to factor 4, focused on learning conditions, value a pleasant environment, with no pressure that offers tasks which are relevant for their lives
Subject: Lingua inglesa - Estudo e ensino - Falantes estrangeiros
Aprendizagem de adultos - Campinas (SP)
Metodologia Q
Motivação na educação
Ansiedade
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
CastellanosTrujillo_JaimeAlexander_M.pdf1.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.