Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269438
Type: TESE
Title: Ambiente de aprendizagem em aulas de lingua estrangeira : percepções de aprendizes reveladas pe Metodologia Q
Title Alternative: Learning environment in foreign language classes
Author: Cunha, Maria Carmen Khnychala
Advisor: El-Dash, Linda Gentry, 1946-
Dash, Linda Gentry El
Abstract: Resumo: Este estudo investiga as concepções de aprendizes sobre o ambiente de aprendizagem de suas salas de aulas de língua estrangeira. A Metodologia Q, em combinação com entrevistas qualitativas, foi utilizada para tornar visíveis estruturas escondidas em situações comunicativas e apresentar convergências, assim como variações, nas maneiras de pensar e construir a realidade. Os participantes pertencem a dois grupos de alunos cujos professores possuem perfis diferentes. Uma Amostra Q de 81 itens, adaptados a partir de oito instrumentos tradicionais utilizados na avaliação de percepções sobre ambientes de aprendizagem, foi estruturada com referência a categorias usadas na conceituação de ambientes psico-sociais. Os participantes foram instruídos a distribuir os itens ao longo de uma escala variando de "concordo totalmente" (+3) a "discordo totalmente" (-3). As distribuições foram intercorrelacionadas e as matrizes de correlação de 18 x 18 e 42 x 42 foram analisadas fatorialmente. Cada análise produziu três fatores, sendo que cada um desses representa um ponto de vista peculiar de um grupo de indivíduos em relação ao tema investigado. Os resultados apontam para a ocorrência simultânea de múltiplos fatores de ordem afetiva, social e cognitiva que podem influenciar o tipo de ambiente de aprendizagem de uma língua estrangeira. O ambiente em uma sala de aula parece ser o resultado de formas de interações entre variáveis que se relacionam ao aprendiz, ao professor e ao tipo de instrução proporcionada. Os resultados poderão se mostrar úteis para a área de Lingüística Aplicada, na busca de abordagens abrangentes que busquem articular as dimensões intelectuais e afetivas da constituição humana e que possam, assim, entender o sujeito em sua totalidade. Poderão, além disso, contribuir para a compreensão de fenômenos subjetivos envolvidos na aprendizagem de uma língua estrangeira, tais como a relação entre o ambiente e as atitudes de aprendizes, o que, por sua vez, poderá fornecer intravisões para a avaliação do professor, de sua prática, para a preparação de professores, o desenvolvimento de materiais instrucionais e enfim, ser de valia para os aprendizes na percepção e compreensão de sua maneira de aprender

Abstract: This study investigates the learners' conceptions of their foreign language classroom learning enviromnent. Q Methodology in combination with interviews was used to bring out hidden structures in communicative situations and present convergences, as well as variations, in ways ofthinking and constructing reality. The subjects belong to two groups of students whose teachers seemed to bear different profiles. An 8I-item Q-sample adapted from eight traditional instruments for assessing perceptions of classroom learning enviromnent was structured with reference to categories used for the conceptualization of psychosocial enviromnents. The participants were asked to Q-sort the items from "most agree" (+3), to "most disagree" (-3). The Q-sorts were intercorrelated and the 18 x 18 and 42 x 42 correlation matrixes were factor analyzed. Analyses produced three factors. Each of these represents a peculiar point of view of a group of respondents concerning the question being investigated. The results indicate the simultaneous occurrence of multiple factors, affective, social and cognitive ones that may influence the kind of learning enviromnent in a foreign language class. The enviromnent in a classroom seems to be the result of type of interaction among variables that are related to the learner, the teacher and to the kind of instruction provided. The findings should prove useful to the area of Applied Linguistics in the quest of approaches that aim at the articulation of the intellectual and the affective dimensions, which constitute the human being. The fmdings might also contribute to a better understanding of subjective phenomena involved in learning a foreign language such as the relationship between the enviromnent and students' attitudes, which may, in turn, provide insights for the assessment of the teacher' s own practice, for teacher training and for instructional material development; finally it may be useful for learners in the perception and understanding of their way of learning
Subject: Ambiente de sala de aula
Aprendizagem
Línguas
Linguística aplicada
Tecnica Q.
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cunha_MariaCarmenKhnychala_D.pdf32.79 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.