Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269426
Type: TESE
Degree Level: Mestrado
Title: Revelação e origens de crenças da competencia implicita de professores de lingua inglesa
Author: Garbuio, Luciene Maria
Advisor: Almeida Filho, José Carlos Paes de, 1948-
Filho, Jose carlos Paes de Almeida
Abstract: Resumo: A Competência Implícita (Almeida Filho, 1993, 1997, 1999, 2000) é a mais básica e pessoal das competências, caracterizada pela ação do professor em sala de aula e revestida por suas intuições, crenças, experiências memoráveis, que o conduz na sua prática pedagógica. O objetivo deste estudo exploratório é o de fazer um levantamento das crenças que compõem a competência implícita do professor sobre o ensino de língua estrangeira (LE) e a gênese dessas crenças. Trata-se de um estudo de caso, onde dois professores de língua inglesa que trabalham em escolas de idiomas e com tempo de experiência variado foram contemplados: PJ de 18 anos e um ano e meio de experiência e PR de 41 anos e vinte e dois anos de experiência. Os dados foram coletados por meio de questionário, diários e entrevistas. Partimos do conceito competência, definimos o termo crenças e apresentamos algumas possíveis origens das crenças, conforme literatura na área. Para conduzir tal estudo, buscamos apoio teórico sobre as crenças dos professores em Woolfolk Hoy e Murphy (2001), Richardson (1996), Richards e Lockhart (1994) e Price (1969). Quanto às origens das crenças, nos apoiamos em Woolfolk Hoy e Murphy (2001), Vieira-Abrahão (2001) e Richardson (1996). A análise dos dados foi realizada sob a perspectiva da compreensão de competência como o desenvolvimento histórico do professor, ou seja, o professor enquanto indivíduo, o seu pensamento e a sua inserção no contexto social, o qual está relacionado com sua experiência. Ao proceder à análise dos dados, um outro possível componente da competência implícita ou teoria informal do professor de LE foi evidenciado: as imagens ou metáforas, conforme já apresentado por Munby (1986). Os resultados evidenciaram que os professores, apesar de idade e tempo de experiência diferentes, possuem algumas crenças e origens compartilhadas; tais crenças influenciam sobremaneira e conduzem suas práticas. Ambos contam com suas próprias experiências de ensino ou como aprendizes da língua e acreditam que a experiência facilita a prática pedagógica

Abstract: The Implicit Competence (Almeida Filho, 1993, 1997, 1999, 2000) is basic and personal, caracterized by the teacher¿s action in the classroom and made up by his intuitions, beliefs and experiences which led him/her through his/her pedagogical practice. This exploratory study aims at investigating the beliefs that make up the teacher¿s implicit competence about the foreign language teaching and the possible origin of these beliefs. In this case-study, two English teachers who work in language schools were considered: PJ, 18 years old and a year and a half of experience and PR, 41 years old and twenty two years of experience. The data collection included questionnaire, diaries and interviews with the teachers involved. We initially started our discussion by defining the concept competence, the term beliefs and finally presenting some possible origins of teachers¿ beliefs, according to the literature in the field. This research was based on the study of Woolfolk Hoy & Murphy (2001), Richardson (1996), Richards & Lockhart (1994) and Price (1969) concerning beliefs; and Woolkfolk Hoy & Murphy (2001), Vieira-Abrahão (2001) and Richardson (1996) regarding the nature of beliefs.The data analysis was done through our understanding of competence as the teacher historical development, that is, the teacher as individual, his/her thoughts and his/her performance in a certain social context, which is related to his/her experience. Proceeding the data analysis, another possible component of the teacher¿s implicit competence or informal theory was evidenced: the images or metaphors, according to what was shown by Munby (1986). The results made evident that the teachers, in spite of their age and experience differences, have some beliefs and origins in common. These beliefs are an important influence and lead their practice. Both teachers count, mainly, either on their own teaching experience or their experience as foreign language students. They believe experience helps pedagogical practice
Subject: Crenças sobre a aprendizagem
Língua estrangeira
Competencia implicita
Formação de professores
Línguas - Estudo e ensino
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Garbuio_LucieneMaria_M.pdf625.06 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.