Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269419
Type: TESE
Title: Gramatica e lingua estrangeira numa escola de ensino medio : o que se ensina
Author: Santos, Edley Matos dos
Advisor: Almeida Filho, José Carlos Paes de, 1948-
Filho, Jose carlos Paes de Almeida
Abstract: Resumo: A gramática tem sido motivo de preocupação constante por parte de estudiosos da linguagem, produtores de material didático, professores e pesquisadores da Lingüística Aplicada comprometidos com questões de ensino/aprendizagem de línguas.Em relação à língua estrangeira (LE) nas escolas de ensino médio, tal preocupação é mais evidente uma vez que os aprendizes convivem com um saber teórico e metalingüístico, na crença de que dominar a gramática significa dominar a língua. Porém, como se tem verificado, os resultados têm sido frágeis e impalpáveis, expondo a fraqueza da relação entre aprender gramática e saber língua. Esta pesquisa tem por objetivo refletir sobre o processo de ensino/aprendizagem de base gramatical preponderante, ou gramaticalista, termo ao qual me referirei de forma crítica neste estudo, bem como algumas das implicações de tal ensino para a construção de um novo sistema lingüístico comunicativo no aprendiz quando este se põe a aprender uma outra língua. Os registros aqui trazidos atestam que a gramática está presente nas aulas de Inglês como LE, constituindo muitas vezes a base do processo e refletindo a abordagem tradicional de ensinar/aprender línguas, abordagem essa dominada pela estrutura, ou seja, fundamentada essencialmente na concepção de que ensinar/aprender língua significa ensinar/aprender sua estrutura. A reflexão aqui trazida objetiva compreender melhor a presença da gramática no processo de ensino/aprendizagem de Inglês como LE na escola média, ampliando, através destes e de outros questionamentos, possíveis horizontes norteadores das práticas pedagógicas de professores de LE

Abstract: Grammar has been the cause of constant concern on the part of language scholars, producers of teaching materials, and teachers and researchers in Applied Linguistics committed to Lhe teaching/learning of foreign languages (FL). This concern is especially evident in the teaching of FL in the public schools as both the learner and the teacher believe that controlling lhe grammar means knowing the language. The support for this belief has been limited and intangible, exposing the weakness of the relationship between learning grammar atld knowing language. This study provides a refIection on the treatment of grammar in the teachingt/learning process. The term "grammaticalistic", with a relatively negative meaning, has been used to describe this process, and the implications of the presence of such a process during lhe construction of a new linguistic communicative system by the beginning language learner are explored. The data presented here show that grammar is overwhelmingly present in the classes of English as a FL considered here and that it constitutes the basis for the learning process, thus reflecting an emphasis on the traditional approach to teaching/learning languages, an approach that is dominated by structure, that is based essentially on lhe conception that teaching/learning language means teaching/learning its structure. The present reflection was designed to improve over understanding of the presence of grammar in the process of teaching/learning of English as a FL in the high schooI, in order to expand the number of pedagogic options available to the FL teachers
Subject: Lingua inglesa - Gramática - Estudo e ensino
Lingua inglesa (Segundo grau)
Aprendizagem
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_EdleyMatosdos_M.pdf5.98 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.