Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269368
Type: TESE
Title: A produção da inovação em aulas de gramatica do ensino fundamental II da escola publica estadual paulista
Author: Aparicio, Ana Silvia Moço
Advisor: Signorini, Inês, 1951-
Abstract: Resumo: O objetivo deste trabalho é investigar como a inovação é produzida em aulas de gramática, no ensino fundamental II da escola pública estadual paulista, por professores que estão buscando transformar sua prática pedagógica. Considerando o trabalho do professor em sala de aula uma realidade social complexa, procuramos construir um percurso transdisciplinar de investigação e gerar diferentes tipos de dados. Desse modo, mobilizamos referenciais teóricos de diferentes disciplinas, na tentativa de não reduzir e não fragmentar nosso objeto de investigação; e utilizamos a metodologia qualitativo-interpretativista de natureza etnográfica, para a geração e análise dos dados. Compreendendo a inovação como uma reconfiguração, impulsionada por demandas institucionais, dos modos rotineiros de agir em questões de estudo e de ensino de língua, baseamo-nos nas noções de trabalho prescrito/trabalho realizado, vindas de abordagens desenvolvidas no campo das ciências da Educação, que compreendem o ensino como trabalho. Sendo assim, dentre as prescrições que regem o trabalho do professor, analisamos as propostas para a inovação no ensino de gramática apresentadas por documentos oficiais (PCLP e PCNs) e pelos livros didáticos mais utilizados pelos professores participantes da pesquisa. No âmbito do trabalho realizado, analisamos os modos como a inovação é produzida nas aulas desses professores. Como resultado da investigação, destacamos a imprecisão das prescrições dirigidas ao professor pelos documentos oficiais, constituídos por um amálgama de abordagens teórico-metodológicas; bem como a solidarização de noções teórico-metodológicas vindas da tradição gramatical e da teoria lingüística, apresentada pelos livros didáticos, na tentativa de operacionalização das orientações teórico-metodológicas para inovação do ensino de gramática na escola. Quanto ao trabalho efetivamente realizado na sala de aula, constatamos, de um lado, que os diferentes modos de inovação produzidos nas aulas analisadas são constituídos por uma interrelação de atividades e práticas múltiplas e heterogêneas mediadas por instrumentos semióticos também heterogêneos; de outro lado, que os professores que estão tentando inovar sua prática de ensino de gramática produzem algumas respostas comuns às demandas de inovação: desenvolvem a análise lingüística somente com categorias da gramática tradicional, ainda que as demandas de inovação proponham também o trabalho com outras categorias, como as da gramática funcional ou lingüística de texto, por exemplo; e, para o estudo de categorias da gramática tradicional, lançam mão de modos de descrição/análise disseminadas pela lingüística, focalizando sobretudo a dimensão semântica da língua

Abstract: The aim of this work is to investigate how innovation is produced by teachers that are trying to transform their pedagogical practice in grammar classes that take place at the ensino fundamental II of state public schools in São Paulo. Considering the work of the teacher in the classroom as a complex social reality, we tried to construct a transdisciplinary trajectory of investigation and generate different kinds of data. This way, we mobilized theoretical basis from different disciplines, in order not to reduce and not to fragment our object of investigation; we also made use of the qualitative-interpretive methodology of ethnographic nature for the data generation and analysis. Understanding innovation as a reconfiguration, impelled by institutional demands, of the usual ways of acting in questions related to the study and teaching of the language, we based our work on the notions of prescribed work/work done, that come from approaches developed by the sciences of Education and which understand work as job. Therefore, within the prescription that regulate the work of the teacher, we analyze the proposals for innovation in grammar teaching presented by official documents (PCLP and PCNs) and by the didactic books that are most used by the teacher participants of our research. In the scope of the work done, we analyze the way innovation is produced in the classes of these teachers. The results of the investigation points to the lack of precision of the prescriptions directed to the teacher by the official documents, which are constituted by an amalgam of theoretical and methodological approaches; as well as to the solidarization of theoretical and methodological notions that come from the grammatical tradition and the theoretical linguistics, presented by the didactic books, with the aim of operacionalizing the theoretical and methodological orientations for innovating the teaching of grammar in schools. As for the work effectively done in class, we found out that, on the one hand, the different ways of innovating produced in the classes analyzed are constituted by the interrelation of multiple activities and practices mediated by heterogeneous semiotic tools; on the other hand, we found out that the teachers that are trying to innovate their grammar teaching practice produce some common answers to the demand of innovation: they develop the linguistic analysis only with categories of the traditional grammar, even though the demand for innovation also propose the work with other categories, like the ones from the functional grammar or textual linguistics, for example; and for the study of the categories of the traditional grammar, they make use of ways of describing/analyzing disseminated by linguistics, with special focus on the semantical dimension of language
Subject: Língua portuguesa - Gramática - Estudo e ensino
Professores - Formação
Professores de ensino fundamental
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Aparicio_AnaSilviaMoco_D.pdf1.25 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.