Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269366
Type: TESE
Title: Reflexões sobre identidade e surdez : aspectos pedagogicos e interacionais da interlocução de uma professora surda com alunos ouvintes
Author: Silva, Marilia da Piedade Marinho
Advisor: Signorini, Inês, 1951-
Abstract: Resumo: O objetivo deste trabalho é identificar e descrever como uma professora portadora de surdez profunda e falante de português (oral) constrói-se como interlocutora de alunos ouvintes na pós-alfabetização. Considerando a relevância da ação mediada para o ensino-aprendizagem em sala de aula, pretendemos mostrar a pertinência da compreensão de uma postura de lingua(gem) verbal e não-verbal como instrumentos sócio-históricos de interação ¿ não só dialógicos, mas também ideológicos, visto que uma noção ampla de alteridade é fundamental. Nesse contexto, procuramos construir um percurso transdisciplinar de investigação na área de Lingüística Aplicada e apontamos referenciais teóricos de diferentes disciplinas, na tentativa de não reduzir ou fragmentar nosso objeto de investigação. Para a geração de dados, utilizamos a metodologia qualitativo-interpretativista, estudo de caso de natureza etnográfica que compreende o processo de mediação como uma dinâmica interacional na sala de aula, viabilizando o espaço e o discurso dos interlocutores, professor/aluno, no processo de ensino-aprendizagem aberto à multiplicidade de sentidos emergentes no curso dessas interações. No âmbito de nossa pesquisa, analisamos os recursos de que a professora se valia para se construir como interlocutora de seus alunos ouvintes em sala de aula e como realizava seu trabalho na organização e planejamento da aula. Além disso, para chegar a uma visão de como a sociedade pensa a maturação de traços sociais do sujeito surdo, dirigimos nossa discussão para os processos socioculturais. Nesse processo, destacamos que as projeções permanentemente elaboradas e reelaboradas pelos participantes podem tornar mais evidentes os modos como são constituídos/construídos os objetos de ensino como objetos de discurso, e é geralmente em torno deles que o professor e os alunos constroem interacionalmente e tematicamente a aula. Dessa forma, constatamos que, à medida que dialogava com seus alunos, a professora lançava mão de recursos de referenciação e interação na tessitura das práticas pedagógicas, construindo uma identidade por meio do diálogo constante com os alunos e pelas formas de referenciação verbal e não verbal produzidas no processo de ensino-aprendizagem

Abstract: The objetctive of this work is to identify and describe how a teacher that has deep deafness and that speaks Portuguese constructs herself as an interlocutor of her post-literacy hearing students. Considering the relevance of the mediated action for the teaching-learning processes within the classroom, our intention is to show the pertinence of understanding a verbal and non-verbal posture as sociohistorical interactional instruments ¿ not only dialogical, but also ideological, since a wide view of alterity is fundamental. Within this context, we try to construct a transdisciplinary trajectory of investigation in Applied Linguistics, pointing to theoretical references of different disciplines, in a way not to reduce or fragment our object of investigation. The data was generated using the interpretivequalitative methodology, a case study of ethnographic nature that takes the mediation process as an interactional dynamics of the classroom that makes the space and the discourse of the interlocutors possible, teacher/students, within the teaching-learning process open to the multiplicity of meanings that emerge as these interactions unfold. Within the scope of our research, we analyze the resources that the teacher used to construct herself as an interlocutor of her hearing students in the classroom and how she organized and planned the class. Moreover, in order to build up a view of the way society think about the maturation of the social traces of the deaf subject, we direct our discussion to the sociocultural processes. Within this process, we highlight that the projections that the participants permanently elaborate and reelaborate can make the ways of constituting/constructing the teaching objects as discourse objects more evident, and it is usually around them that the teacher and the students interactionally and thematically construct the class. Therefore, we found out that, as she established a dialogue with her students, the teacher made use of referentiation and interactional resources on the texture of pedagogical practices, constructing an identity through the constant dialogue with the students and through the verbal and non-verbal referentiation produced within the teachinglearning process
Subject: Surdez
Identidade
Professores e alunos
Referência (Linguística)
Prática de ensino
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_MariliadaPiedadeMarinho_D.pdf2.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.