Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269358
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Resumos de comunicação e o agenciamento da escrita cientifica
Title Alternative: Summaries of written communication and the agency's scientific
Author: Behling, Janaina
Advisor: Signorini, Inês, 1951-
Abstract: Resumo: Este trabalho partiu da necessidade de estudar mais detalhadamente a produção e análise de resumos de comunicação, gênero textual típico de comunidades científicas como a Associação Brasileira de Linguística. Compreender os resumos de comunicação como gêneros textuais implica no reconhecimento de que estes textos são, principalmente, resultados de ações tipificadas que dão formas a intenções compartilhadas por membros de determinada Comunidade Científica. Utilizando os conceitos de comunidade discursiva de John Swales, faz-se pertinente um estudo de gêneros textuais que diga sobre seu contexto de produção, levando em conta o conceito de agenciamento da escrita postulado por Charles Bazerman, que diz respeito aos modos pelos quais os gêneros são recursos evidenciadores de inúmeros 'liames' pelos quais a escrita constitui e é constituída em comunidades específicas. Apresenta-se a relação de mais de mil resumos publicados nos encontros da Abralin ocorridos nos anos de 1994, 2001 e 2005. Foi possível observar, na análise de alguns resumos representativos, que estes textos são resultado de agenciamentos da escrita científica, dada a necessidade de se publicar teses de pesquisa nas comunidades de linguístas. Tais publicações apresentam reflexões sobre a condição humana dos pesquisadores da linguagem, estando eles, necessariamente, em contado com o (des)conhecido, na iminência de descobertas fragmentadas.

Abstract: This work stemmed from the need to study more closely the production and analysis of summaries of communication, textual types of typical scientific communities as the Brazilian Association of Language. Understanding the summaries of means textual communication genres as the recognition that these texts are, primarily, results from actions that give ways typified the intentions shared by members of a particular scientific community. Using the concepts of community discourse of John Swale, it is pertinent to a study of textual genres that part of the context of production, taking into account the concept of the agency's written postulated by Charles Bazerman, which concerns the ways in which the genera resources are evidence of many 'read' by which the writing is and is formed in specific communities. It shows the ratio of over one thousand abstracts published in the meetings of ABRALIN occurred in 1994, 2001 and 2005. It was possible to observe, to analyze some short covering, that these texts are the result of scientific agencies of writing, given the need to publish theses in the search for linguistic communities. Such publications have thoughts about the human condition of the researchers of language, with them, necessarily, to contact with the (un) known, on the verge of discoveries fragmented.
Subject: Comunidades
Agenciamento da escrita
Teses
Gêneros textuais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Behling_Janaina_M.pdf977.43 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.