Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269352
Type: TESE
Title: Interação entre professores (dois alemães e uma brasileira) e alunos (brasileiros) em situação de ensino de lingua alemã atraves de conteudos das materias curriculares (DFU-Deutschsprachiger Fachunterricht)
Title Alternative: Interaction among German and Brazilian teachers and students in content based instruction of German in Brazil
Author: Goldstein, Andreas Franz
Advisor: Henriques, Eunice Ribeiro, 1945-
Abstract: Resumo: Este trabalho é um estudo de caso que utiliza uma abordagem interpretativa, a partir do ponto de vista etnográfico. Sua sustentação teórica inclui (1) discurso de sala de aula, de acordo com Zuengler & Mori, (2) contexto e cultura em ensino de línguas, conforme Kramsch, (3) interações dialógicas na sala de aula, a partir de Nassaji & Wells e (4) comunicação intercultural, segundo Hinnenkamp, Damen e Janzen. O objetivo central é analisar o chamado DFU (ensino de alemão, baseado em conteúdos), que visa à integração entre língua e conteúdo programático (história, geografia, música, ciências e artes). Os participantes são professores de alemão (inclusive o próprio pesquisador) e estudantes brasileiros em contexto bilíngüe. Os objetivos são (1) examinar o projeto DFU e (2) analisar a interação professor/aluno na sala de aula DFU, identificando as suas características discursivas essenciais. Os dados foram obtidos através de gravações de vídeo, questionários, entrevistas e notas de campo. Para atingir os objetivos centrais, o foco recai, primeiramente, sobre as vantagens essenciais e as limitações do projeto DFU; em seguida, sobre as diretrizes para a interação professor/aluno, de acordo com a abordagem comunicativa; e, finalmente, sobre aquelas características culturais e individuais dos participantes que, de fato, influenciam ou afetam a comunicação intercultural. Os resultados mostram que o sucesso do projeto DFU depende de duas questões essenciais: língua e conteúdo. A primeira deve se adequar ao nível de proficiência dos alunos e às suas necessidades individuais; e o outro deve ser dinâmico e motivador. Além disso, o(a) professor(-a) deve tentar desempenhar o papel de facilitador(-a) e de observador(-a) atento(-a) do progresso dos alunos. Em vez de enfatizar a correção, ele(-a) deveria se preocupar primordialmente com a interação. Finalmente, para facilitar a comunicação intercultural, é importante que professores e alunos estejam atentos para os traços culturais de cada um e, também, para as diferenças entre os indivíduos, os grupos e as culturas

Abstract: The present work is a case study that uses an interpretive approach from an ethnographic perspective. Its theoretical underpinnings include (1) Zuengler & Mori's classroom discourse, (2) Kramsch's context and culture in language teaching, (3) Nassaji & Wells' dialogic classroom interactions and (4) Hinnenkamp's, Damen's and Janzen's intercultural communication. Its main purpose is to analyze the so-called DFU (content-based instruction of German), which aims at integrating language and content-based material (history, geography, music, sciences and arts). The participants are teachers of German (including the researcher himself) and Brazilian students in a bilingual context. The objectives are (1) to examine the DFU project and (2) to analyze teacher/student interaction in the DFU classroom, identifying the essential characteristics of the DFU classroom discourse. Data were obtained by means of video recordings, questionnaires, interviews and field notes. In order to reach the main goals, the focus is directed, first, to the essential advantages and shortcomings of the DFU project; then, to the guidelines for teacher/student interaction, in accordance with the communicative approach; and finally, to certain cultural and individual characteristics of the participants that do influence or affect intercultural communication. The results show that the success of the DFU project depends on two main issues: language and content. The former should fit students' proficiency level and individual needs, and the latter should be dynamic and motivating. In addition, the teacher should try to play the role of a facilitator and of a keen observer of the students' progress. Instead of emphasizing correctness, (s)he should be concerned primarily with interaction. Finally, in order to improve intercultural communication, it is important for teachers and students to be aware of each other's cultural traits and also of the differences between individuals, groups and cultures
Subject: Interação
Comunicação intercultural
Aprendizagem
Língua estrangeira
Professores e alunos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Goldstein_AndreasFranz_M.pdf543.59 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.