Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269264
Type: TESE
Title: Expectativas de letramento de uma comunidade rural e o letramento sancionado na escola local : cooperação e conflito
Author: Torres, Maria Emilia Almeida da Cruz
Advisor: Terzi, Sylvia Bueno, 1940-
Abstract: Resumo: A premissa maior da escola deve ser, em primeira instância, formar o cidadão letrado. Para que tal objetivo seja alcançado, é necessário que a escola conheça a orientação de letramento de seus alunos, para que a partir daí outros usos lhes sejam mostrados, visando atender suas necessidades e expectativas sobre a escrita e a leitura. É senso comum, porém, que as práticas de escrita na escola são centradas na transcrição do código da língua, propiciando o desenvolvimento de habilidades técnicas específicas do contexto escolar. Então, essa concepção do processo de alfabetização desprestigia as práticas que o aprendiz já conhece e nos aponta para a ideologia da escola ao prestigiar práticas de escrita características das classes letradas dominantes. Assim sendo, reconhecemos a escola como uma instância discriminatória, reforçando a exclusão e a estratificação social. Pesquisas recentes, como as de Barton (1998) e Terzi (1995), apontam para a ques1ão do aluno de meios pouco letrados, que tem suas práticas de escrita diferentes daquelas da escola e sua dificuldade em leitura e escrita, devido à não-observação do letramento que o aluno já traz para a escola. Este trabalho focaliza o conflito entre as necessidades e expectativas de escrita dos alunos de uma comunidade rural e o letramento sancionado na escola. Desejamos observar se a escola atende a essas expectativas, o que revelará se ela está realmente promovendo o letramento de seus alunos. Entendemos que a aquisição de práticas letradas que atendam às expectativas do aluno é um fator que possibilita transformações pessoais e coletivas, emancipando o cidadão e propiciando sua inserção nos processos sociais por que passa o mundo atual. Palavras-chave: o letramento sancionado na escola - expectativas de letramento de uma comunidade rural - o conflito - a cooperação - a formação do cidadão letrado

Abstract: The major premise of the school must be in a first appeal to promote the literate citizen. To reach such objectives it's necessary the school to know his particular social uses of writing, and then to show him other ones to attend his expectations about writing and reading. Ifs is a common sense that writing school practices are centered in the accurate transcription of the alphabetic code, and develop technical abilities that provide specific skills to be used inside the school. This way of conceiving the process of alphabetizing disregards literacy practices the student already knows, and shows us the ideology of the school that renders prestige to mainstream literate practices. Doing so, we are supposed to recognize the school discriminative assumptions, enhancing discrimination and social stratification. Recent researches like Barton's (1998) and Terzi's (1995) point out the problem of the lower means of literacy student that has literate practices different from those expected by the school and his difficulty in reading and writing, due to the lack of observation of his local literacies. This work focuses the conflict between the necessities and expectations of students of a rural community and the literacy approved in the school. We wish to verify if the school attends their expectations or if it is putting aside some practices of writing they expect to have there. As far as we are concerned the acquisition of literate practices empowers the student to make inner and social changes that we think this is the way people are supposed to take place in a literate society
Subject: Letramento
Leitura
Educação rural
Professores - Formação
Conflito social
Cooperação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Torres_MariaEmiliaAlmeidadaCruz_M.pdf3.46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.