Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269250
Type: TESE
Title: Construindo interpretações para entrelinhas : cosmologia e identidade etnica nos textos escritos em portugues, como segunda lingua, por alunos indigenas Tapirape
Author: Gorete Neto, Maria
Advisor: Cavalcanti, Marilda do Couto, 1948-
Abstract: Resumo: O objetivo desta dissertação é compreender, no sentido de construir uma de muitas possíveis interpretações para a produção escolar escrita, em português como segunda língua, de alguns alunos indígenas Tapirapé que vivem no Mato Grosso. O corpus da pesquisa está constituído de dois tipos de registros. O primeiro é resultado do trabalho desenvolvido pela professora (e autora da dissertação) na escola indígena e da convivência de três anos (1999-2001) com o povo Tapirapé. Do primeiro tipo de registros constam textos escritos em português pelos alunos de 5ª a 8ª séries, planos de aula e diários de campo. O segundo tipo de registros foi gerado posteriormente à vida na aldeia para complementar os registros do primeiro tipo e consiste de um diário retrospectivo acompanhado de memos e de vinhetas narrativas. A análise, com inspiração nos procedimentos da pesquisa etnográfica (Erickson, 1986), tem como foco principal os textos dos alunos nos quais busco marcas da cosmologia Tapirapé e da construção de identidade étnica. Entendo cosmologia, a partir de Lallemand (1978) e Lopes da Silva (1994), como a visão de mundo de um povo. Tal visão configura-se num conjunto de crenças e conhecimentos, que abarcam elementos dos mundos ordinário e sobrenatural, os quais permitem interpretar acontecimentos e ponderar decisões no cotidiano. Por sua vez, partindo de Maher (1996), adoto o conceito de identidade étnica como a capacidade que o indígena tem de identificar-se como indígena e como não-indígena o seu interagente. As marcas pinçadas nos textos dos alunos Tapirapé apontam que a língua portuguesa pode ser um espaço para difusão da cultura indígena assim como para construção da identidade étnica e, por isso, espaço de resistência indígena à cultura majoritária

Abstract: This work analyze some aspects of indigenous cosmology and indigenous identity constructions presents in texts writing in portuguese as second language by the Tapirapé indigenous learners. The Tapirapé People lives in Mato Grosso, Brazil. In this research, we have two tipes of data. One tipe of data was originated from the Native School of the Tapirapé collected between 1999 trough 2001, when the researcher was a portuguese teacher in the Tapirapé School. In this type, we have some texts writed in portuguese by students, diary and job planes. The second type of data was constructed after the end of job in the village. In this type we have a retrospective diary, memos and 'vinhetas narrativas'. The analysis, inspirated in etnographic research (Erickson, 1986), focalize the students texts. The aim is to search signs of cosmology Tapirapé and indigenous identity construction. We comprehend cosmology as a people world vision (Lallemand, 1978; Lopes da Silva, 1994). This vision is composed by knowledges and believes that allow explain events and reflect about quotidian. In other hand, the identity concept (Maher, 1996) is the capacity of indigenous individual that recognise yourself like a indigenous and other people like a no-indigenous. The analysis indicates indigenous transforming portuguese in a space of resistance to no-indigenous culture
Subject: Cosmologia
Índios Tapirape - Identidade étnica
Língua portuguesa
Lingua tapirape
Ensino
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
GoreteNeto_Maria_M.pdf2.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.