Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269224
Type: TESE
Title: Representações do Brasil : os imigrantes europeus e o carnaval no imaginario estadunidense
Author: Martins, Regina Parreiras Vieira
Advisor: Bolonhini, Carmen Zink, 1957-
Bolognini, Carmen Zink
Abstract: Resumo: Esta dissertação examina algumas representações do Brasil presentes no imaginário estadunidense no período compreendido entre 1992 e 1999: as cidades do Rio de Janeiro e de Salvador em suas associações com o carnaval, à região Sul do país em sua articulação à imigração européia, bem como algumas outras representações relacionadas à presença européia no Brasil. Os resultados aqui apresentados são provenientes de análises realizadas em dois conjuntos de textos: artigos publicados pelo jornal estadunidense The New York Times, durante o período acima mencionado; e textos extraídos do livro The Brazilians, de Joseph Page, de 1995. Podemos citar, entre os pontos principais revelados pela pesquisa, apoiada principalmente na Análise de Discurso de linha francesa, o fato de que, no processo de tecer representações para os imigrantes europeus e para os sujeitos brasileiros envolvidos no carnaval, os enunciadores produzem representações díspares, entrecortadas por discursos como o da miscigenação e o discurso colonial, que, no entanto, apresentam também pontos de convergência. Entre outros aspectos, destaca-se a raça-etnia dos indivíduos representados. A recorrência de tal aspecto aponta para a construção de um "corpo" para a nação a partir de fios discursivos que, alheios às divisas inter-regionais oficiais do país, culminam por (re) escrever outras linhas de fronteira para o Brasil. Por outro lado, a presença de discursos distintos nas representações presentes neste trabalho sugere que esse "corpo" da nação é composto por diferentes camadas discursivas

Abstract: This study focuses on some representations of Brazil constructed in the United States. The period covered ranges from 1992 to 1999: the connection of carnival with the cities of Rio de Janeiro and Salvador, the country's southern region's association with the European immigration as well as other representations of European presence in Brazil. It presents the results of analyses held on two set of texts: articles published by the American newspaper, The New York Times, in the above mentioned period, and texts extracted from The Brazilians, a book written by the American scholar Joseph Page in 1995. The results of this research, which used primarily the theoretical framework of French Discourse Analysis, showed that in the process of constructing the Brazilian subjects portrayed in carnival and in European immigration, the enunciators focus on some specific facets related to those subjects, such as race. The recurrence of such aspect expose discourse strands that oblivious of official Brazil' s boundaries weave the nation new regional frontiers. On the other hand, the presence of intertwined discourses, such as colonial and miscegenation discourses, suggests the construction of a new nation's "body" made up of different discourse layers
Subject: Língua inglesa - Estudo e ensino
Análise do discurso
Imaginário
Europeus - Migrações - Brasil
Carnaval - Brasil
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Martins_ReginaParreirasVieira_M.pdf5.33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.