Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269197
Type: TESE
Title: A transposição erudita da barbarie : aspectos da semantica discursiva do modernismo brasileiro
Author: Silveira, Fernanda Mussalim Guimarães Lemos
Advisor: Possenti, Sírio, 1947-
Abstract: Resumo: Nesta tese, pretendemos verificar de que modo se deu a constituição do discurso modernista no Brasil, a partir da análise de artigos publicados na imprensa brasileira' entre' os anos de 1917 e 1929. Para proceder à análise, iremos nos valer do conceito de semântica global que Maingueneau apresenta em Geneses du discours (1984). No primeiro capítulo" abordaremos questões referentes à constituição da Análise do Discurso, a fim de discutir em que medida e de que maneira a problemática da objetividade científica foi incorporada por essa disciplina, e quais as implicações decorrentes de um posterior abandono desse projeto de cientificidade. O intuito dessa discussão é justificar nossa escolha do modelo teórico-metodológico pautado em uma semântica global, tal como nos propõe Maingueneau. No segundo capítulo, devido ao fato de o surgimento do Modernismo no Brasil estar estreitamente ligado a um movimento mais amplo de renovação estética que ocorreu no mundo todo, buscaremos reconstituir, minimamente, as condições de surgimento de uma nova concepção de arte que surge em função da construção de uma nova forma de compreender a relação entre o homem e o mundo, bem como a relação do homem consigo mesmo. No terceiro capítulo, a questão das condições que propiciaram o surgimento do Modernismo no Brasil será apresentada a partir de um outro enfoque, abordando, mais especificamente, as condições históricas brasileiras que possibilitaram o surgimento do discurso modernista no país. O nacionalismo será um dos tópicos fundamentais deste capítulo. No quarto capítulo, o intuito é mostrar o modo de funcionamento do discurso modernista em constituição no campo discursivo da arte. Nossa hipótese, centrada no modelo de semântica global de Maingueneau (1984), é que o filtro semântico desse discurso organiza-se sobre dois semas centrais - o nacionalismo e a subjetividade -, em função dos quais o discurso organiza seu optimum semântico, que materializa o núcleo da doutrina modernista. No quinto capítulo, abordaremos aspectos relacionados à material idade discursiva, no intuito de mostrar que o modo de funcionamento do filtro semântico do sistema de restrições do discurso modernista sustenta-se sobre uma base lingüística: o discurso modernista estabelece, com os outros discursos com os quais trava embates, relações de concessão, negação e denegação, verificáveis na estruturação sintática desse discurso. No capítulo 6, faremos alguns apontamentos (o capítulo tem um caráter de apêndice) a respeito da discussão em tomo da existência ou não de uma variedade lingüística brasileira, separada da variedade de Portugal. Neste capítulo, retrocederemos até o ano de 1824, a fim de traçar a trajetória de discussão realizada no país em tomo dessa questão, desde as primeiras manifestações a esse respeito, até os modernistas.

Abstract: In this thesis we aim to analyse how the modernist discourse was constituted in Brazil. Articles that were published by the Brazilian press from 1917 to 1929 were analysed. Maingueneau's concept of global semantics, presented in Geneses du discours (1984), was used to develop the proposed analyses. In the first chapter we approach questions concerning the constitution of Discourse Analysis in order to discuss how and to what extent the problematic of the scientific objectivity was assimilated by this discipline. We also discuss the current implications of a posterior abandonment of this project of scientificity. The aim of this discussion is to justify the choice of the theoretical and methodological model used which is based on the concept of global semantics such as it is proposed by Maingueneau. In the second chapter we try to reconstitute the emergent conditions of a new concept of art that arises from the construction of a new way to understand the relation between the man and the world as well as the relation of the man with himself. Such a reconstitution is due to the fact that the emergence of Modernism in Brazil is strictly linked to a wider movement of esthetical renewal that occurred all over the world. In the third chapter the conditions that propitiated the emergence of Modernism in Brazil is presented from another focus that approaches more specifically the Brazilian historical conditions that made the emergence of the modernist discourse in the country possible. The nationalism is one of the fundamental issues of this chapter. In the fourth chapter the aim is to show the modernist discourse's functioning way and how it is constituted within the discursive field of art. Our hypothesis, centred in Maingueneau's concept of global semantics, is that the semantic filter of this discourse is organised in two central semas - the nationalism and the subjectivity -, in which the discourse organises its semantic optimum that materialises the nucleus of the modernist doctrine. In the fifth chapter we deal with aspects concerning the discursive materiality. The aim is to show that the semantic filter's functioning way of the modernist discourse's system of restrictions is supported on a linguistic base: the modernist discourse which is engaged in combat with other discourses establishes relations of concession, negation and denegation and these relations may be verified in the syntactic structure of the discourse. In the sixth chapter we discuss whether there is a Brazilian linguistic variety or not, apart from the existing one in Portugal (the chapter has an appendix nature). In this chapter we retrocede to 1824 in order to delineate the discussion developed in the country about this issue since its first manifestations until the first modernists.
Subject: Análise do discurso
Semântica
Modernismo
Linguística
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silveira_FernandaMussalimGuimaraesLemos_D.pdf9.56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.