Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269185
Type: TESE
Title: Oclusiva glotal e laringalização em sujeitos com fissura palatina = um estudo segundo abordagem dinamicista
Title Alternative: Glottal stop and laryngealization in cleft palate speakers : a study according to dynamical approach
Author: Lima-Gregio, Aveliny Mantovan
Advisor: Barbosa, Plinio Almeida, 1966-
Abstract: Resumo: Os objetivos deste estudo foram: 1) caracterizar a produção de oclusiva glotal de sujeitos com fissura palatina, a partir da percepção deste fenômeno pelos profissionais da área; 2) comparar as produções de cinco sujeitos sem fissura palatina (Grupo Controle - GC) com as de cinco sujeitos com fissura palatina (Grupo Teste - GT) na produção de laringalização em relação às regiões de fronteira; e 3) avançar no entendimento das articulações compensatórias (AC) e da teoria dos sistemas dinâmicos. O corpus consistiu na leitura de um texto realizada por ambos os grupos. A análise da oclusiva glotal foi realizada após a identificação de sua presença por cinco fonoaudiólogos experientes no diagnóstico e avaliação das AC e/ou disfunção velofaríngea (DVF). Em seguida, para cada produção foi observada a presença de três parâmetros (burst, formantes de transição e laringalização). Foi realizado um experimento de percepção, a partir da manipulação do sinal áudio de um participante do GC. Então, a análise prosódica da laringalização foi realizada. Quanto à análise da oclusiva glotal, os resultados mostraram que a presença de formantes de transição e burst foi determinante para a dúvida dos profissionais. Na ausência destes dois parâmetros, os juízes foram significativamente unânimes em afirmar a presença de oclusiva glotal. A presença de laringalização ajudou os fonoaudiólogos a julgarem a ocorrência da oclusiva glotal. A ocorrência de laringalização para o GC foi maior nas regiões de fronteira prosódica, enquanto que para o GT foi dentro e fora destas regiões. O experimento de percepção revelou um estímulo ambíguo, embora com significância estatística para concordância entre os juízes. A discussão foi norteada pelos pressupostos teóricos da Fonologia Articulatória, derivada do modelo de Browman e Goldstein (1990) e da Fonética Cognitiva de Tatham (1994). Discutiu-se ainda o estado da glote, a partir do conceito de válvulas laríngeas (Edmondson e Esling, 2006). A análise da oclusiva glotal evidenciou dois aspectos: a utilização de diferentes válvulas laríngeas e a proposta de um gesto glotal tripartido. A análise da laringalização sugere falha na supervisão do gesto glotal, o acoplamento da oclusiva glotal e da laringalização, e ação das fronteiras como atratores para as laringalizações

Abstract: The objectives of this study were: 1) to characterize the production of glottal stop of individuals with cleft palate, from the perception of this phenomenon by professionals; 2) to compare the productions of five subjects without cleft palate (Control Group - GC) and five subjects with cleft palate (Test Group - GT) to produce laryngealization in relation to border regions; and 3) improve the understanding of compensatory articulations (AC) and the theory of dynamical systems. The corpus consisted of the reading of the same text by both groups. The analysis of the glottal stop was made after identifying the presence by five speech pathologists (judges) experienced in the diagnosis and assessment of AC and/or velopharyngeal dysfunction (DVF). Then, for each production up to three parameters (burst, formant transition and laryngealization) were observed. A speech perception experiment was conducted after manipulating the audio signal of a participant in the GC. Then, the prosodic analysis of laryngealization was carried out. As regards the glottal stops, the results showed that the presence of burst and formant transition was responsible for ambiguous judgments. When these two parameters were absent, the judges were unanimous in signaling the presence of a glottal stop. The presence of laryngealization helped speech pathologists to identify glottal stop. For GC, the occurrence of laryngealization was in the prosodic boundary while for the GT laryngealization occurred everywhere. The speech perception experiment revealed an ambiguous stimulus, although a statistically significant correlation between the judges. The discussion was guided by theoretical assumptions of Articulatory Phonology, derived from the Browman and Goldstein's (1990) model and Tatham's (1994) Cognitive Phonetics. It was also discussed the state of the glottis, from the concept of laryngeal valves (Edmondson and Esling, 2006). Analysis of the glottal stop emphasizing two aspects: the use of different laryngeal valves and a proposed tripartite glottal gesture. The laryngealization analysis suggests failure of the supervisor component of the glottal gesture, the glottal stop and laryngealization coupling and the boundary regions as attractors for laryngealization
Subject: Laringe
Fonação
Fenda palatina
Fonologia articulatória
Fonética cognitiva
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lima-Gregio_AvelinyMantovan_D.pdf2.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.