Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269146
Type: TESE
Title: Dificuldade de aprendiagem em questão : um estudo neurolinguistico
Title Alternative: Difficult into learning into question : a neurolinguistic studiyng
Author: Vallim, Elaine Ferraz do Amaral
Advisor: Coudry, Maria Irma Hadler, 1949-
Abstract: Resumo: Este trabalho tem como proposta conduzir um estudo neurolinguístico motivado por três questões. A primeira refere-se ao ensino da língua portuguesa e o quanto a prática pedagógica fundamentada num ensino normativo e redutor, que desconsidera a natureza histórica e social, intersubjetiva e cognitiva da linguagem, pode prejudicar o futuro dos jovens que não aprendem nem a teoria nem a língua. Ao adotar, erradamente, uma visão ancorada na Lingüística saussureana, abre-se caminho para a exclusão do mundo social e do sujeito, bem como de suas atividades ou experiências significativas. Por filiar-se a uma visão normativa de língua e por não conseguir eficiência naquilo que se propõe, a escola justifica o seu desempenho atribuindo patologias àqueles alunos que, por algum motivo, não se ajustam às normas, provocando efeitos devastadores a lhes prejudicar a expressão e a comunicação para o resto de suas vidas. As conseqüências desse tipo de ensino também atingem professores, que, tendo a sua formação escamoteada, retornam à escola, para dar aulas, formando um círculo vicioso que compromete toda a qualidade de ensino. Para desenvolver este trabalho, faço um estudo de caso do sujeito BN, aluna do curso de pedagogia, que foi diagnosticada aos 5 anos de idade como portadora de dificuldade de aprendizagem. Analiso este caso, não pelo seu aspecto singular, mas pelo fato de se constituir um exemplar do que acontece nas instituições escolares, tendo em vista que atuo como professora de Língua Portuguesa, no ensino público, há 20 anos. Primeiramente, faço a análise do modo como a escola ¿ ensino fundamental ¿ tem conduzido o ensino da língua portuguesa. Em seguida, apresento e analiso textos escritos pela aluna na universidade e, finalmente, os textos escritos no seguimento longitudinal, feito por mim, no Laboratório de Neurolinguístico (LABONE), IEL/UNICAMP. Em outro momento, falo da subtilização do cérebro do aluno pela escola, que, distanciada da vida, tem suas práticas pedagógicas baseadas em atividades descontextualizadas e, essencialmente, metalingüísticas. Essas práticas pedagógicas ganham espaço na sala de aula, porque não fazem parte da escola determinados saberes

Abstract: The purpose of this task is to discuss questions related to Portuguese language teaching and the importance of pedagogy practice based on a normative teaching, that doesn¿t consider the historic and social nature, intersubjective and cognitive language that can damage the future of young people that don¿t learn neither language nor theory. Adopting this saussureana linguistic, open a way to exclude the social world the person, his or her activities or meaningful experiences. Adopting a normative vision of language and not achieving efficiency in what is purposed, school justifies its performance attributing patologies for those students that for any reason don¿t succeed the norms, causing desolating effects and damaging their communication for the rest of their lives. The consequences of this kind of teaching affect teachers with an interrupted graduation that come back to school to teach creating a vicious circle that compromises the quality of teaching. To develop this study, I have an example with a student BN , a pedagogy student, that was diagnosed at the age of 5 having learning difficulties. I analyze this case not just for its singular aspect, but because it¿s an example of what is happening at school nowadays. First of all, I analyze the way school (elementary and middle) has been handling Portuguese Language teaching. Then I present and analyze written texts by a college student and finally written texts, written in a longitudinal segment, made by me at Unicamp, neurolinguistic laboratory (LABONE/IEL). I talk about the school sub utilization of the student¿s brain too, when far from life has its pedagogical practices based on out of context activities and essentially met linguistic. Those pedagogical practices obtain a great success in the classroom, because they don¿t belong to school knowledge
Subject: Dificuldade de aprendizagem
Escrita
Língua portuguesa - Estudo e ensino
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vallim_ElaineFerrazdoAmaral_M.pdf2.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.