Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269128
Type: TESE
Title: A segmentação inabil : um estudo da segmentação otrografica não-canonica
Title Alternative: Inept hands : a study on non-canoncal orthography segmentation
Author: Kajita, Angela Satomi
Advisor: Sândalo, Maria Filomena Spatti, 1965-
Abstract: Resumo: Estudos em Lingüística Histórica mostram que textos antigos são úteis não apenas para se analisar a língua escrita, mas também para retratar certos aspectos fonológicos, que em geral são associados apenas à língua falada. De fato, a informação fonológica que pode ser obtida do texto escrito - antigo ou moderno - varia das características de pronúncia ao padrão rítmico da língua; e se o texto foi escrito por um sujeito semi-alfabetizado (também chamado de mão inábil), é ainda mais provável que se encontrem tais características. O presente trabalho se concentra nos aspectos rítmicos dos escritos de adultos semialfabetizados portugueses dos séculos XVII e XVIII, selecionados do arquivo da Inquisição de Lisboa. Observando a segmentação ortográfica não-convencional nesses textos, pode-se ver que não se trata de algo aleatório; ao contrário, os sujeitos parecem ter usado critérios bem definidos para decidir onde deviam separar ou juntar elementos. Portanto, as hipossegmentações (i.e. a omissão de espaço em branco entre elementos separados) e as hipersegmentações (i.e. a inserção de branco gráfico entre elementos ligados) parecem ter motivação semântica ou fonológica. Pressupondo que as segmentações não-canônicas podem ser relacionadas aos aspectos rítmicos da língua, a proposta deste trabalho é estudar os textos de mãos inábeis em busca de sinais que reflitam um possível padrão rítmico da língua falada. Os textos da primeira metade do século XVIII analisados mostram que o padrão de acento binário - um traço característico do português brasileiro - se torna menos freqüente nos dados com o passar do tempo, o que poderia ser considerado um indicativo da mudança rítmica sofrida pela língua na transição para o português europeu moderno. Apesar de não serem conclusivos, os resultados sugerem que de fato a mudança no padrão das segmentações não-convencionais pode estar relacionada à mudança do padrão rítmico no português europeu

Abstract: Studies on Historical Linguistics show that old texts are not only useful for analyzing the written form of a given language, but also for portraying some phonological aspects, which are typically only associated with spoken language. In fact, the phonological information that can be obtained from a written text - old or modern - ranges from pronunciation characteristics to rhythmic pattern; and if the text was written by a semi-illiterate subject (also called inept hand), these characteristics are even more likely to be found. The present work focuses on the rhythmic aspects of the writings of semi-illiterate Portuguese adults from the 17th and 18th century, which were selected from the Lisbon Inquisition archives. By observing the unconventional orthographic segmentation in these texts, one can see that it is not a matter of randomness; instead, the subjects seem to have used well-defined criteria as to where they should join or separate elements. Thus the hyposegmentations (i.e. the omission of white space between separated elements) and hypersegmentations (i.e. de insertion of white space between joined elements) seem to be semantically or phonologically motivated. Assuming that the unconventional segmentations can be related to rhythmic aspects of the language, this work's proposal is to study the writings of some inept hands in search of signs that can point to a possible stress pattern of the spoken language. The analyzed texts from the first half of the 18th century show that the binary stress pattern - a trait of modern Brazilian Portuguese - becomes less frequent throughout time in the collected data, which possibly indicates a rhythmic change undergone by the language during the transition to modern European Portuguese. Although not conclusive, the results suggest that the change in the unconventional segmentation pattern can be related to the rhythmic pattern change of European Portuguese
Subject: Fonética
Segmentação ortografica
Mão inabeis
Lnguiistica historica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Kajita_AngelaSatomi_M.pdf6.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.