Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269120
Type: TESE
Title: O efeito dos estimulos auditivo e visual na percepção dos marcadores prosodicos lexicais e graficos usados na escrita do portugues brasileiro
Author: Pacheco, Vera
Advisor: Cagliari, Luiz Carlos, 1945-
Abstract: Resumo: Para algumas teorias da percepção da fala, esse processo pode ocorrer pela ação da audição (Teoria Quântica), da visão (Teoria Motora) ou, ainda, pela ação conjugada da audição e da visão (efeito McGurck). Para que o processo de percepção seja completo, é requerida a decodificação da mensagem contida no percepto, que pode ocorrer a partir de um acesso top-down (descendente) ou bottom-up (ascendente) às informações dos diferentes níveis. Considerando que a percepção da fala conta com informações visuais, a presente tese busca investigar a ação dos estímulos auditivo e visual na percepção de recursos gráficos, ou marcadores prosódicos, usados na escrita do Português Brasileiro com a função de representar graficamente variações prosódicas. Dentre os diferentes tipos de marcadores descritos na literatura, foram objetos de investigação desta pesquisa aqueles que são palavras escritas e cuja carga semântica indica variações prosódicas, sendo, portanto, Marcadores Prosódicos Lexicais (MPL), e aqueles que são marcas gráficas, Marcadores Prosódicos Gráficos (MPG), em particular, os sinais de pontuação, cujo sentido convencionado tem o mesmo efeito da carga semântica dos MPLs. Os MPLs são recursos gráficos usados para indicar, na escrita, atitudes do falante, enquanto os MPGs tendem a indicar variações prosódicas mais diretamente relacionadas ao processo dialógico. Considerando que esses recursos gráficos possuem uma realidade visual e uma realidade auditiva, objetivou investigar a ação dos estímulos auditivo e visual na percepção desses marcadores. Para tanto, foi delineado um design experimental, no qual foram controladas as frases-alvo sob escopo dos marcadores: MPLs: gritar, dizere baixo, berrar, sussurar, dizer rápido e dizer devagar; MPGs: : ! ? . ¿ ,; bem como foram controlados os contextos em que essas frases apareceriam. Foram gravadas as leituras em voz alta dos textos com as frases-alvo. Para controle da ação dos estímulos auditivo e visual, foram consideradas 6 condições experimentais: 2 condições mono modais auditiva e visual; 4 bimodais: 1 com coincidência entre as informações auditivas e visuais; 1 com estímulo auditivo sem variação melódica e 2 em condição de mismatch, desencontro das informações dos estímulos auditivo e visual). Nas condições bimodais, os estímulos auditivo e visual foram apresentados simultaneamente de forma sincronizada. O teste de percepção foi aplicado com cada informante, a quem foi solicitado a informar em voz alta, através de um número específico, o marcador prosódico que tinha observado. Foi medido o tempo de reposta de execução dessas tarefas. A partir das repostas dadas pelos informantes, foram obtidas as variáveis porcentagem de escolha do marcador presente no estímulo auditivo e de escolha do marcador presente no estímulo visual e porcentagem de escolha do marcador diferente daqueles presentes nos dois estímulos. A variável velocidade de leitura foi obtida para cada informante.Os dados foram submetidos a testes estatísticos de normalidade, comparação de médias e reamostragem. Os resultados obtidos evidenciam participação diferenciada dos estímulos auditivo e visual na percepção dos MPLs e dos MPGs. Partindo desses dados, os processos de percepção e de reconhecimento dos marcadores prosódicos são discutidos à luz das teorias de percepção e reconhecimento da fala

Abstract: The perception of speech can be understood as product of the hearing (Quantum Theory), of the vision (Motor Theory) or of the conjugated action of the hearing and the vision (McGurck effect). This process can be bottom-up or top-down. The access of the information can occur in the different levels: from phonological level to context level or from context level to phonological level. Considering that the speech perception process accounts with auditory and visual information, this thesis proposed to investigate the action of the auditory and visual input in the perception of graphic marks of the Brazilian Portuguese writing which have the function to represent graphically prosodic variations. We investigate two types of the markers: a) written words whose semantics load indicates prosodic variations ¿ Lexical Prosodic Markers (LPM) ¿ and b) graphic markers that indicate prosodic variations ¿ Graphical Prosodic Markers (GPM) ¿ in particular, the punctuation signals.The LPMs are graphic marks of the writing used to indicate attitudes of the speakers, while the GPMs indicate prosodic variations more related to the dialogic process. Considering that these graphic markers have a visual reality and an auditory reality, we investigated the action of the auditory and visual input in the perception of these markers. We delineated six experimental conditions (two mono modal conditions and four bi modal conditions). In the experimental conditions we controlled the contexts of the occurrence of the LPMs (to cry out, to say low, to bawl, to whisper, to speak quickly and speak slowly)and of the MPGs (: ! ? . ¿ ,). So, we obtained several texts that composed the corpus. We recorded the lecture aloud this texts done by an announcer and we presented this record associates with a writing form those texts to eleven people, in the individual sections for that they could to observe the prosodic markers. We also presented them some tasks and in these tasks, the subjects would answer aloud a correspondent number of the observed prosodic marker. We measure the time spent in the execution theses tasks. Moreover, we measure reading tax to each subject. So we obtained three variables: a) prosodic marker choice b) answer time; c) reading tax. We submitted the data to the following statistic tests: a) normality; b) comparison of averages and c) bootstrapping.In the thesis, the process of perception and recognition of the prosodic markers are argued to the light of the perception theories and recognition of speech
Subject: Percepção da fala
Ritmo
Escrita
Visão
Audição
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pacheco_Vera_D.pdf2.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.