Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269098
Type: TESE
Title: O discurso da e sobre a mulher no funk brasileiro de cunho erotico : uma proposta de analise do universo sexual feminino
Title Alternative: The disourse of and about women in the Brazilian erotic funk : a proposal from analysis of the feminine sexuality
Author: Amorim, Marcia Fonseca de
Advisor: Romualdo, Jonas de Araújo, 1948-
Abstract: Resumo: O presente trabalho tem como objetivo refletir sobre a participação feminina no funk brasileiro, principalmente em uma ramificação desse movimento que divulga músicas cujas letras apresentam um alto teor de erotismo. Para isso, utilizo como referencial teórico-analítico a proposta da Análise do Discurso de linha francesa, os estudos de Foucault sobre a sexualidade e os estudos de Bakhtin que relaciona a cultura popular da Idade Média e da Renascença à obra de François Rabelais. A inserção da obra de Bakhtin nesta tese se deve ao fato de o funk ser tratado por grande parte da sociedade como um movimento de caráter grotesco, obsceno, vulgar, que explora a sexualidade feminina de uma maneira pouco convencional. À figura feminina no funk são associados termos como cachorra, popozuda, potranca, piranha, vadia, entre outros. Essa representação simbólica em torno da funkeira a inscreve socialmente como um sujeito despudorado e ousado, que não se sente constrangido em expor sua sexualidade em público. Essas e outras características do funk (a simbologia em torno a figura masculina, a exposição de crianças a cenas de erotismo) vêm chamando a atenção de diferentes setores da sociedade (grupos religiosos, políticos, feministas) e têm sido alvo de muitos debates e reflexões de profissionais de diferentes áreas a respeito da representação da mulher na sociedade brasileira, tendo em vista a imagem construída socialmente em relação a ela e a imagem que ela tem de si mesma. No espaço discursivo do funk, a sexualidade e a sensualidade da mulher recebem um tratamento específico, bastante peculiar, inscrito no modo como ela se veste e como expõe seu corpo, na coreografia que executa em bailes e shows, nos dizeres que profere e nas posições discursivas que assume: ora ela se apresenta como dominadora da cena instaurada por meio da música e dita o que espera de seu parceiro, ora se deixa dominar por ele. Esse jogo discursivo - dominadora/dominada - induz a uma relação conflituosa e aparentemente contraditória da mulher no universo funk.

Abstract: The present work aims to reflect upon the participation of the woman in the Brazilian funk focusing on a branch of this movement which songs express a high level of eroticism. For this task, I take into account the theoretical analytic conception of Discourse Analysis of the French School, Foucault's studies of sexuality as well as Bakhtin's approach about the relationship between the Middle Ages and the Renaissance popular culture and François Rabelais' work. The inclusion of Bakhtin's thesis in this research is due to the fact that the funk in our society is conceived as a grotesque, obscene and vulgar movement which exploits woman's sexuality in an unconventional way. Slang terms as popozuda (woman having big buttocks), filly, bitch, slut, floozy and many others refer to the woman in the funk (funkeira), a kind of symbolic representation of herself as a shameless and cheeky subject who doesn't feel embarrassed at displaying her sexuality in public. These and others characteristics of the funk (the symbolism that involves men, the exposure of children to erotic scenes) have become matter of discussion by religious memberships, politicians, the women's movement and researchers interested in studying this woman representation in Brazilian society in order to understand her social image and the image she builds of herself. According to Discourse Analysis, it is possible to analyze the peculiar treatment of sexuality and sensuality of womanhood in the context of the funk - the way she dresses, the exposure of her body, the choreography that she performs in shows and dancehalls, her speeches and behavior - where she can either dominate her partner in the dancing performance or allow him to dominate her. In the field of the discourse, this play involves domineering /submissive subjects, revealing clashes and the apparently contradictory behavior of the woman in the funky universe.
Subject: Análise do discurso
Cenografia
Sexualidade
Erotismo
Funk (Música)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Amorim_MarciaFonsecade_D.pdf2.51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.