Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269088
Type: TESE
Title: Adjuntos adnominais preposicionados no portugues brasileiro
Author: Avelar, Juanito Ornelas de, 1974-
Advisor: Nunes, Jairo Morais, 1966-
Abstract: Resumo: À luz da versão minimalista da Teoria de Princípios e Parâmetros (Chomsky 1995, 2000, 2001), esta tese focaliza constituintes preposicionados adnominais no português brasileiro, estabelecendo um quadro formal para capturar propriedades sintáticas e semânticas observadas em adjuntos introduzidos por de, em, com e para. A análise explora a idéia de que os adjuntos adnominais introduzidos por de não devem ser tratados como constituintes preposicionados, mas DPs/NPs que ganham a preposição tardiamente, no componente morfo-fonológico. Para os sintagmas introduzidos por em, com, para e certas preposições complexas (do tipo dentro de, em cima de, atrás de etc.), defende-se a hipótese de que esses constituintes dispõem de uma arquitetura clausal, abarcando categorias paralelas às identificadas no domínio sentencial (Koopman (1997), Den Dikken (2003)). Dentro dessa arquitetura, DPs podem ser inicialmente inseridos na posição de especificador da categoria p (light preposition), no sentido proposto por Svenonius (2004a). O estudo também recorre à proposta de Hornstein, Nunes & Pietroski (2006) em torno da configuração de adjunção, mostrando que a noção de adjunção sem rótulo defendida por esses autores é capaz de capturar uma série de fatos que envolvem a extração tanto de constituintes preposicionados quanto de sintagmas nominais modificados por tais constituintes. O estudo conclui que as principais diferenças entre os adjuntos introduzidos por de, de um lado, e por em, com e para, de outro, se devem exatamente ao fato de aqueles não portarem uma estrutura clausal, mas se configurarem como verdadeiros DPs/NPs

Abstract: Adopting the Minimalist Program (Chomsky 1995, 2000, 2001), this thesis concentrates on adnominal prepositional phrases in Brazilian Portuguese, proposing a formal picture to account for syntatic and semantic properties of adjuncts introduced by de 'of¿, em 'in, on¿, com 'with¿ e para 'for¿. I explore the idea that adnominal adjuncts introduced by de are not prepositional phrases, but DPs/NPs that receive the preposition only in the PF branch. In respect of em, com, para and some complex prepositions, it is considered that phrases introduced by such items exhibit a clausal architecture, with categories similar to the ones identified in sentential domains (Koopman (1997), Den Dikken (2003)). It will be proposed that modified DPs can be inserted in the specifier position of p (light preposition), following Svenonius (2004a). The analysis also explore Hornstein, Nunes & Pietroski¿s (2006) proposal for adjunct configurations, showing that the notion of unlabeled adjunction is capable of explaining relevant properties involving the extraction of prepositional phrases and modified nominal constituents. The thesis concludes that the main semantic and syntatic differences between de and em/com/para adjuncts result from the fact that de adnominal phrases don¿t have a prepositional clausal structure, but correspond to true DPs/NPs in the syntax
Subject: Língua portuguesa - Sintaxe
Língua portuguesa - Gramática
Lingua portuguesa - Preposições
Língua portuguesa - Morfologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Avelar_JuanitoOrnelasde_D.pdf1.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.