Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269086
Type: TESE
Title: O que não esta la? : um estudo sobre morfologia flexional em elipses
Author: Zocca, Cynthia Levart
Advisor: Nunes, Jairo Morais, 1966-
Abstract: Resumo: Esta dissertação trata da relação entre sintaxe e morfologia que pode ser observada através de sentenças contendo elipses. A análise proposta tem como base o arcabouço teórico do Programa Minimalista de Chomsky (1995, 1999, 2000) e a Morfologia Distribuída de Halle e Marantz (1993). A principal questão levantada diz respeito à necessidade de identidade entre o elemento elidido e seu antecedente. Em primeiro lugar faço a distinção entre dois processos anafóricos descritos por Hankamer e Sag (1976): anáforas profundas, que não têm conteúdo sintático, e anáforas superficiais, que têm conteúdo sintático. Aponto que um dos critérios para identificar anáforas superficiais, identidade estrita entre o antecedente e a elipse, nem sempre parece se aplicar. Mostro que a falta de identidade entre o antecedente e a elipse é apenas aparente, pois existe um ponto da derivação sintática em que são idênticos, sendo que nos dois locais o que existe é um radical e afixos de Caso, tempo ou concordância. Tais afixos são valorados através da operação Agree de Chomsky (1999,2000). Dentro do Programa Minimalista, existem duas formas de eliminar traços não-interpretáveis: através do movimento coberto de traços, Move F (Chomsky 1995) ou de concordância local sem movimento, Agree (Chomsky 1999, 2000). Mostro que os dados de elipse apresentados favorecem uma análise através de Agree. Além disso os dados também favorecem uma abordagem para a derivação de elipses que se vale de apagamento em PF, e não reconstrução em LF. Por fim, analiso casos de elipses envolvendo expressões inerentemente negativas ou positivas e os verbos ser e estar, que parecem ser contra-exemplos para a análise com Agree e apagamento em PF proposta. Mostro, no entanto, que tais casos podem ser explicados dentro da análise proposta considerando-se que se tratam de elementos inerentemente especificados

Abstract: This thesis deals with the relationship between syntax and morphology that can be established from sentences containing ellipsis. The proposed analysis is based on the theoretical background of Chomsky's (1995, 1999, 2000) Minimalist Program and the Distributed Morphology of Halle and Marantz (1993). The main issue raised concerns the necessity of identity between the elided element and its antecedent. First of ali I distinguish between two anaphoric processes described by Hankamer and Sag (1976): deep anaphora, which has no syntactic content, and surface anaphora, which has syntactic content. I point out that one criterion used to identify surface anaphora, i.e. strict identity between the antecedent and the ellipsis, does not always apply. I argue that the lack of identity between the antecedent and the ellipsis is just apparent, for there is a point in the syntactic derivation in which both sites are actually filled with a root plus Case, tense or agreement affixes. Such affixes enter the derivation unvalued and have their values set under the operation Agree Chomsky (1999, 2000). In the Minimalist Program, there are two ways of checking and eliminating uninterpretable features: through covert feature movement, Move F (Chomsky 1995) or local agreement with no movement, through the operation Agree (Chomsky 1999, 2000). I show that the ellipsis data presented favor an analysis using Agree. Furthermore, the data also favor an approach for the derivation of ellipsis using PF deletion instead of LF reconstruction. Finally, I analyze cases of ellipsis involving inherently negative or positive expressions and the verb be, which seem to be counter-examples to the Agree - PF deletion analysis. I show, however, that these cases can be explained under the proposed analysis, taking into account that these elements are inherently specified.
Subject: Minimalismo
Gramática gerativa
Morfologia
Sintaxe (Gramatica)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Zocca_CynthiaLevart_M.pdf3.88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.