Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269048
Type: TESE
Title: A designação camelos em caceres : os sentidos nas relações comerciais na fronteira Brasil/Bolivia
Author: Arruda, Belia Fantina Bonini Pinto de
Advisor: Guimarães, Eduardo, 1948-
Guimarães, Eduardo Roberto Junqueira, 1948-
Abstract: Resumo: Este trabalho tem como objetivo estudar a designação camelôs brasileiros e camelôs bolivianos na cidade de Cáceres. Primeiramente gostaria de chamar a atenção para a atividade da economia informal na cidade de Cáceres, mais especificamente a ligada aos comerciantes chamados camelôs. Observamos nesta cidade um fato curioso e muito interessante, pois além dos camelôs brasileiros também existem camelôs bolivianos comercializando lado a lado, aparentemente, sem nenhum conflito. Digo aparentemente já que por meio de entrevistas feitas com comerciantes formais, camelôs brasileiros e camelôs bolivianos, (que constituíram o corpus da pesquisa), encontrei elementos que me proporcionaram delimitar os recortes para as análises semântico-enunciativas. Estes recortes me permitiram discutir a questão da designação de camelôs brasileiros e camelôs bolivianos Na perspectiva da Semântica Histórica da Enunciação, Guimarães (1995), encontrei os conceitos teóricos e descritivos que me permitiram mostrar nas análises como estes conflitos se dão no acontecimento enunciativo. Pelas análises também aparece como a designação camelô funciona na enunciação a partir das diferentes relações, sejam elas sociais, econômicas ou jurídicas. E a partir deste estudo poder explicar a posição e o lugar social do camelô brasileiro e do camelô boliviano que trabalham numa economia informal, e que em alguns momentos são enunciados de uma posição de legalidade e em outros da posição de ilegalidade

Abstract: This dissertation aims to study the designation Brazilian pedd/ers (camelôs brasileiros) and Bolivian peddlers (camelôs bolivianos) in the city of Cáceres. Firstly I would like to call the attention for the activity of infonnal economy in Cáceres, more specifically on to the traders called peddlers. We observe a curious and very interesting fact for besides the Brazilian peddlers, we also find Bolivian peddlers commercializing side by side, apparently, without any conflict. I say apparently since by means of interviews made with fonnal traders, Brazilian peddlers and Bolivian peddlers, (they constituted the corpora of this research), I found elements that provided me to delimit clippings for the semantic-enunciative analyses. These clippings allowed me to argue the matter of designation of Brazilian and Bolivian peddlers. In the perspective of Semântica Histórica da Enunciação (Historical Semantics) Guimarães (1995), I found theoretical and descriptive concepts that allowed me to show in the analyses how these conflicts appear when given in the discursive event. These analyses also show how the designation pedd/er functions in the discourse from the different relations, may they be: social, economic or legal. And from this study to be able to explain the position and the social place of the Brazilian peddler and the Bolivian peddler that work in an infonnal economy and that at some moments they are enunciated from a position of legality and in others from the position of illegality
Subject: Linguística
Semântica
Sujeito (Filosofia)
Setor informal (Economia)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2000
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Arruda_BeliaFantinaBoniniPintode_M.pdf13.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.