Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269040
Type: TESE
Title: O idiomatismo como lugar de reflexão sobre o funcionamento da lingua
Title Alternative: The idiom as a place of reflexion on the functioning of the language
Author: Lodovici, Flaminia Manzano Moreira
Advisor: Lemos, Claudia Thereza Guimarães de, 1934-
Abstract: Resumo: Este trabalho de investigação objetiva abordar a natureza da questão idiomática e a relação que, por meio dela, reclama reflexão: o jogo entre o universal do funcionamento lingüístico e as manifestações singulares de fala. A análise deixa ver que o idiomatismo é mesmo um fato de língua; resulta de um jogo combinatório no qual seu efeito de unidade se configura, e delimita-se no fluxo da fala "em ato". Não se pode propriamente prever seu sentido antes que ele se atualize numa determinada fala. A hipótese é a de que "expressões idiomáticas" se comportam como outras quaisquer no sistema: elas também estão sujeitas a operações de composição/ recomposição que renovam seu modo de fazer presença nos dizeres. Mesmo em se levando em consideração que sentidos relativos a enunciados idiomáticos podem se estabilizar no uso, o que importa é que estabilização não é sinônimo de fixidez. A investigação indica que essas "formas de significar" comportariam duplo sentido. A princípio, a tendência deste trabalho foi tomar essa característica como diferencial dos outros elementos da língua. Mas o que se impõe é reconhecer que esse é mesmo o destino de todo o dizer. Por fim, o idiomatismo exibe uma diferença, uma extravagância que parece vincular-se à sua natureza essencialmente metafórica que, por sua vez, responde pela produção de um, muitas vezes, inesperado efeito significativo

Abstract: The purpose of this study is to approach the nature of the idiomatic issue and the relation that requires reflexion: the play between the universal aspect of linguistic functioning and the unique manifestations of speech. This analysis allows you to see that idioms are actually a speech fact; they result from a combinatory play in which their unity effect is configured and bound in the speech flow in actu [en acte/in act]. Their meaning cannot be foreseen before they are materialized in a specific speech. The hypothesis is that ¿idiomatic expressions¿ behave like any others in the system: they are also subject to composition / recomposition operations which renew the manner in which they are present in the utterances. Even if we consider that senses concerning idiomatic utterances can be stabilized in usage, what really matters is that stabilization is not synonymous with immutability. Research shows that such forms of meaning attribution allow for double meaning. At first, this study was inclined to consider this as a distinguishing feature with respect to the other features of speech. But what must be acknowledged is that all utterances have the same fate. Finally, idioms show a difference, an extravagancy that seems to be linked to their essentially metaphorical nature which, in turn, is responsible for the production of a, very often, unexpected signifying effect
Subject: Idiomatismo
Forma de significar (Linguistica)
Funcionamento da lingua (Linguistica)
Idiomatologia
Idiomaticidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lodovici_FlaminiaManzanoMoreira_D.pdf617.56 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.