Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269002
Type: TESE
Title: A oralidade letrada de lideranças não-escolarizadas
Author: Pereira, Ivani Aparecida, 1948-
Advisor: Kleiman, Angela, 1945-
Kleiman, Angela B. (Angela Bustos), 1945-
Abstract: Resumo: Este trabalho tem por objetivo discutir as condições de produção da oralidade organizada por padrões letrados de lideranças não escolarizadas. Para cumprir essa finalidade problematizamos o que denominamos oralidade letrada, no cruzamento da Lingüística Aplicada, Sociologia e Análise do Discurso, fundamentados na concepção de que o sujeito/linguagem/exterioridade são mutuamente determinados. A fala comumente referida como "fragmentária", "retalhada", "estranha" desses sujeitos, ao contrário de representar uma reprodução enquanto uma submissão aos padrões legitimados, produz efeitos de sentido que denunciam, pela rede de sentidos que se forma interdiscursivamente, o reconhecimento do lugar em que esses sujeitos se posicionam e são posicionados na sociedade letrada. A oralidade letrada trabalha e transforma os princípios arbitrários de categorização social. Para complementar a análise discursiva examinamos alguns mecanismos lingüísticos com o objetivo de reforçar a nossa hipótese de que esses sujeitos encontram-se num processo de especularidade em que parecem buscar descobrir, na concretude da linguagem do outro, os lugares onde se alojam as diferenças entre o seu falar e o do outro. E as tentativas de incorporação da fala do outro mostram a contradição constitutiva do processo de transformação da relação de desigualdade/subordinação (Pêcheux 1988). Concluímos que os sujeitos em militância política, em razão das condições da prática discursiva, produzem um discurso atravessado pela escrita que revela um domínio de mecanismos de organização textual que a prática escolar não lhes permite desenvolver. Na escola as práticas homogeneizadas e distanciadas da realidade social do aluno e a inflexibilidade dos alfabetizadores diante de situações em que o início do processo de ensino implica considerar um sujeito já historicizado, no meio do caminho, acabam sufocando a criatividade do alfabetizando que viria de sua história, de sua experiência, e que culmina na exclusão

Abstract: Not informed.
Subject: Discurso politico
Sindicalismo - Brasil
Letramento
Aprendizagem
Escrita
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1997
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pereira_IvaniAparecida_D.pdf5.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.