Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/268978
Type: TESE
Title: Erro de pessoa : levantamento de questões sobre o equivoco em aquisição da linguagem
Author: Carvalho, Gloria Maria Monteiro de
Advisor: Lemos, Claudia Thereza Guimarães de, 1934-
Abstract: Resumo: Propõe-se, neste trabalho, colocar em questão a naturalidade com que o erro tem sido tratado 'em Aquisição da Linguagem. Não se poderia contudo chegar a tal proposta sem um confronto com a questão de um saber atribuído ao sujeito cujo fundamento, segundo Pêcheux, se localiza na noção idealista pela qual a subjetividade é concebida como ponto de partida. Nessa posição clássica, o erro tem sido considerado como "falha" num saber prévio e esta, por sua vez, remete a questões mais amplas como à verdade e incompletude lógicas e, ainda, à dicotomia possível vs impossível linguístico. Na teoria Chomskiana, o possível ocupa um lugar central colocando-se como o eixo em tomo do qual se constituiu o saber totalizante da Gramática Gerativa. Foi em relação' a esse todo que teve lugar a discussão de posições teóricas em Aquisição da linguagem. Essa discussão retomou a questão da incompletude a qual é redefinida por Milner, no âmbito da linguística, em termos de um incessante retomo do equívoco sobre o todo da língua, desfazendo seus estratos, como acontece com o pronome eu que desfaz a divisão entre menção e uso, entre som e sentido. Na perspectiva aqui adotada, o erro é focalizado a partir da noção de "efeito de estranhamento" ou "efeito de enigma" provocado pela fala da criança, noção que é proposta por Teresa Lemos. A análise de alguns desses efeitos, percorrendo o caminho do significante, segundo a concepção de Cláudia Lemos, aponta para relações entre a "produção estranha" - "cadeia manifesta" - e "cadeias latentes" pertencentes a outros discursos, sendo levantadas, em tal percurso, questões que suspendem a univocidade de sentido atribuída à produção da criança pelo adulto (mãe ou investigador). Este estudo aponta, então, para a abordagem do erro em termos de um impasse o qual se localiza, inevitavelmente, no cruzamento entre saber e falta e que pode ser formulado nos seguintes termos: se de um lado, o não saber - isto, é o equívoco que se faz presente na fala da criança - somente pode ser apreendido por seus efeitos num saber, de outro lado é o próprio equívoco que suspende este saber

Abstract: Not informed.
Subject: Aquisição de linguagem
Conscientização da linguagem
Crianças - Linguagem
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1995
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Carvalho_GloriaMariaMonteirode_D.pdf5.43 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.