Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/268974
Type: TESE
Title: Um estudo sociolinguistico da comunidade dos imigrantes brasileiros em Santa Rosa del Monday-Paraguai
Author: Martins, Leticia Miller
Advisor: Alkmim, Tania Maria, 1949-
Alkmin, Tania Maria
Abstract: Resumo: A comunidade de Santa Rosa deI Monday, Paraguai, localiza-se aproximadamente 80 km da fronteira Brasil-Paraguai. É constituída por 12.738 habitantes, dos quais 1.760 vivem na área urbana e 10.978 na área rural. Desse número, 85% são imigrantes brasileiros, descendentes de alemães. O processo de colonização de Santa Rosa deI Monday teve início na década de 70, com a chegada dos primeiros colonos brasileiros. Como região original de deslocamento, os imigrantes têm em comum a mesma região de origem, Rio Grande do Sul. De um modo geral, os imigrantes brasileiros são conhecidos como brasiguaios, porém esta denominação é rejeitada pelo grupo, por ver nesta palavra um sentido pejorativo. Os imigrantes brasileiros em Santa Rosa deI Monday identificam- se como descendentes de alemães. Apresentam, além dos seus sobrenomes alemães, o domínio da língua alemã. Esses imigrantes levaram para o Paraguai não só a língua portuguesa e alemã, mas também sua cultura e tradição. O processo de imigração para o Paraguai impôs ao grupo a necessidade de aquisição de mais uma língua, o espanhol. Este estudo apresenta a história dos imigrantes brasileiros em Santa Rosa deI Monday e tem como objetivo caracterizar a comunidade de fala dos imigrantes, estabelecendo e analisando o repertório lingüístico, descrevendo os usos lingüísticos que a comunidade utiliza nas suas relações internas e externas, procurando definir seus domínios específicos

Abstract: The Santa Rosa dei Monday community in Paraguay is situated approximately 80 km far from the border that separates the two countries - Brazil and Paraguay. lt has a population of 12.738 inhabitants, 1,760 in the urban area and 10,978 in the rural area. From this figure, 85% are Brazilian immigrants, German descendents. The colonization process of Santa Rosa dei Monday began in the 1970's when the first Brazilian colonists arrived there. As an original region of displacement, the immigrants have in common the same region of origin - Rio Grande do Sul. Broadly, the Brazilian immigrants are known as 'Brasiguaios', however, this denomination is rejected by the group due to its pejorative connotation. The Brazilian immigrants in Santa Rosa deI Monday identify themselves as German descendants. Besides their German family names, they also have a good command of the language. These immigrants have taken to Paraguay not only Portuguese and German languages, but also their tradition and cuhure. The immigration process to Paraguay imposed the group the necessity oflearning the Spanish language as well. This study shows the history of the Brazilian immigrants in Santa Rosa deI Monday and its aim is to characterize the spoken community of immigrants, establishing and analyzing their linguistic repertoire, describing the linguistic usage in the community in its internal and external relations. It is an attempt to define specific domains of the different languages
Subject: Sociolinguística
Bilinguismo
Cultura
Imigrantes - Brasil
Brasileiros - Paraguai
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1996
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Martins_LeticiaMiller_M.pdf11.66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.