Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/268968
Type: TESE
Title: O /R/ em posição de coda silábica no falar campineiro
Title Alternative: The /R/ in the syllable coda position in the Campinas native accent
Author: Leite, Cândida Mara Britto
Advisor: Alkmim, Tania Maria, 1949-
Abstract: Resumo: Este trabalho, desenvolvido no âmbito da Sociolingüística, é resultado de uma pesquisa que buscou investigar a variação e as atitudes relacionadas a um segmento lingüístico do falar campineiro: o /R/ em posição de coda silábica. A hipótese que norteou a pesquisa é que o rótico está em um estado mais avançado, se comparado a outras cidades do interior paulista, no que se refere ao enfraquecimento desse segmento, tendendo à vocalização ou ao apagamento. Esse enfraquecimento seria o responsável pela impressão, de oitiva, dos informantes que julgam pronunciar uma variante de /R/ avaliada como "intermediária" e indicada como característica do falar campineiro. A partir dessa proposição, busca-se analisar o processo de variação lingüística do /R/ em posição de coda silábica medial e final que parece ocorrer em Campinas e investigar as atitudes lingüísticas, nos termos de Schlieben-Lange (1993), procurando descrever os estereótipos e as atitudes relacionados à variável lingüística em questão. Para tanto, o corpus selecionado é composto por dados de doze informantes naturais de Campinas. Esses dados foram coletados mediante entrevista semi-diretiva e através da leitura de palavras e sentenças. Foram realizadas análises auditivas e acústicas do rótico com o intuito de verificar quais as variantes que concorrem em posição de coda silábica. Essas análises poderiam fornecer informações para que se possa compreender os depoimentos dos informantes campineiros. Os resultados alcançados nesta pesquisa mostram que há variação lingüística do rótico e que a variante mais freqüente é o /R/ caipira. Esse resultado contraria a alegada existência de um /R/ característico do falar campineiro

Abstract: This sociolinguistic work investigates the variation and social attitudes related to a linguistic segment of Campinas native accent: /R/ in syllabic coda position. The hypothesis that guided this research is that the rhotic is in a more advanced state than in other cities in the countryside of São Paulo as regards its attenuation, which causes it to be either vocalized or erased. This attenuation would be the responsible for the hearsay impression of the informants who believe to utter a variant of /R/ assessed as "intermediate" and seen as proper to Campinas native accent. We depart from this assumption in order to analyze the process of linguistic variation of /R/ in final and medial syllable coda position that appears to occur in Campinas, and to investigate linguistic attitudes (Schlieben-Lange, 1993). Our attempt is to describe the stereotype and attitudes related to the linguistic variety at stake. The corpus comprises data collected from twelve native inhabitants of Campinas. The informants were interviewed and had to read words and sentences. We undertook auditoryand acoustic analyses of the rhotic so as to verify which varieties co-occur in syllable coda position. Theses analyses could provide useful information to understand the accounts of the informants. The results evidence that there is linguistic variation of the rhotic and that the most frequent variety is caipira /R/. This finding contradicts the alleged existence of a typical Campinas /R/
Subject: Atitudes linguísticas
Língua portuguesa - Variação
Esteriótipo (Psicologia)
Róticos
Fonética acústica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Leite_CandidaMaraBritto_D.pdf3.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.