Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/268962
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: As "cidades trigemeas" : um estudo sobre atitudes linguistico-sociais e identidade
Title Alternative: The Triplet Cities : a study on sociolinguistic attitudes and identity
Author: Amancio, Rosana Gemina
Advisor: Alkmim, Tania Maria, 1949-
Abstract: Resumo: O objetivo do presente trabalho é apresentar e problematizar dados relacionados às atitudes sociolingüísticas e à identidade, e/ou diferença, manifestadas por membros de três cidades, separadas apenas por linhas imaginárias. É discurso corrente em Barracão, Paraná, Dionísio Cerqueira, Santa Catarina, e Bernardo de Irigoyen, Misiones, Argentina, que os três municípios compõem juntos uma realidade única: uma tríplice fronteira seca entre dois países, três estados e três cidades, formando, assim, as Cidades Trigêmeas. Entretanto, a rivalidade histórica existente entre brasileiros e argentinos nos fez duvidar da harmonia e irmandade anunciadas oficialmente e, dessa forma, elaboramos uma pesquisa em que o principal objetivo é questionar a passividade na interação entre estes indivíduos e analisar quais as conseqüências que tal proximidade gera na esfera da avaliação lingüística e social e na identificação entre os grupos. Os dados, coletados in loco a partir de entrevistas com sujeitos das três localidades, apontaram que o fenômeno é realmente mais complexo do que o discurso oficial leva a crer. Atitudes lingüísticas e sociais de caráter negativo foram percebidas, sobretudo dos brasileiros frente aos argentinos. E a identidade manifestada quando afirmam formarem um grupo unido e coeso, ou seja, as Cidades Trigêmeas, se contrapõe à diferença manifestada ao estabelecerem distinções e delimitações entre Brasil e Argentina. É, portanto, uma relação complexa e contraditória, que nos levou a distinguir uma tensão entre o que chamamos de ¿comunidade ideal¿, no primeiro caso, e de ¿comunidade real¿, no segundo

Abstract: This paper?s purpose is to present and discuss the sociolinguistic attitudes and identity, and/or difference, manifested by members of three cities, separated only by imaginary lines. It is common sense in Barracão, Paraná, Dionísio Cerqueira, Santa Catarina, and Bernardo de Irigoyen, Misiones, Argentina, that these three towns form together a unique reality: a triple dry border between two countries, three states and three cities, the Triplet Cities. However, the historical rivalry that there has always been between Brazilians and Argentineans made us doubt the harmony and brotherhood officially stated and, therefore, we elaborated a research in which the main goal is to question the passivity in the interaction of these people and analyze what consequences this proximity generates in the linguistic and social evaluation sphere and in the identity among the groups. The data, collected in loco from interviews with informers of the three localities, shows that the phenomenon is more complex than what the official discourse tries to convey. Negative linguistic and social attitudes have been perceived, mainly from Brazilians towards Argentineans. And the identity manifested when they claim the existence of a united and homogeneous group, the Triplet Cities, opposes the difference manifested when distinctions and delimitations are established between Brazil and Argentina. This is a complex and contradictory relationship, which made us notice a tension between what we name ?ideal community?, in the first case, and ?real community?, in the second
Subject: Sociedade
Atitudes
Identidade
Diferença
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Amancio_RosanaGemina_M.pdf2.68 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.