Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/268949
Type: TESE
Title: Vozes Urbanas : gestos de pertencimento nos espaços simbolicos da cidade
Author: Maluf-Souza, Olimpia
Advisor: Lagazzi, Suzy, 1960-
Lagazzi-Rodrigues, Susy Maria
Abstract: Resumo: O presente trabalho tem como objetivo a compreensão do desvio no processo de constitutividade da cidade. Para tanto, toma Franco da Rocha, espaço exemplar de alocação do desvio. Através da análise da relação da cidade com o hospital psiquiátrico que a instituiu, o Hospital do Juqueri, o que se põe em visibilidade são os discursos que instalam a 'corporeidade¿ da cidade, ou seja, os discursos que fazem funcionar a contradição constitutiva que esse lugar inaugural funda e que se materializa nas formas de pertencimento e de inserção no espaço urbano. Buscamos a escuta das vozes que se materializam na cidade e que materializam o corpo da cidade: corpo fluido, sítio de significação, espaço de ancoração simbólica e cambiante dos sentidos que fundam modos de subjetivação, processos de identificação marcados por saberes e poderes que ditam aos sujeitos as ordens discursivas que determinam os processos possíveis de espacialização dos mesmos nos espaços urbanos.Trazer a espessura dos discursos que circulam na cidade constituída como espaço de alocação do desvio implica ainda em tomar as relações de litígio que aí se produzem, não apenas como efeito, mas como lugar de materialização da contradição constitutiva. O corpo da cidade, sua corporeidade, diz, então, da análise do corpo posto, do corpo exposto e do corpo que circula sentidos que se filiam aos seus movimentos fundantes

Abstract: The present work has as purpose the comprehension of the deviation in the process of constitutivity of a city. Therefore, it takes for analysis the city of Franco da Rocha as an example of allocation of deviation. Through the analysis of the relation of the city with the psychiatric hospital that instituted the referred city (the Hospital of the Juqueri) what is put in visibility are the speeches that institute the corporeity of the city, that is, the speeches that make the constituent contradiction function that this inaugural place founds and that materializes in the forms of belonging and of insertion in the urban space. We listened to the voices that materialized in the city and that materialize the body of Franco da Rocha: body fluid, place of signification, space of symbolic anchorage and changeable of the meanings that found modes of subjectivity, processes of identification marked by knowledge and power that dictate the discursive orders to the subjects that determine the possible processes of spacialization of themselves in the urban spaces. To bring the thickness of the discourses that circulate in the city constituted as a space of allocation of deviation implies also, into taking the litigious relations that are there produced, not only as effect, but as a place of materialization of constitutive contradiction.The body of the city, its corporeity, so it says then, analyzes of the body presented, the body exposed and the body that circulates meanings that affiliate in its founded movements
Subject: Análise do discurso
Hospitais psiquiatricos
Cidades e vilas - História
Contravenções penais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Maluf-Souza_Olimpia_D.pdf3.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.