Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/268915
Type: TESE
Title: Polêmica sobre sexo saudável = uma abordagem discursiva
Title Alternative: Polemics about healthy sex : a discursive approach
Author: Fossey, Marcela Franco
Advisor: Possenti, Sírio, 1947-
Abstract: Resumo: O tema da educação sexual veio adquirindo cada vez mais importância em nossa sociedade nas últimas três ou quatro décadas. Em especial, três fatores relacionados às práticas sexuais dos indivíduos têm papel relevante neste cenário: a disseminação da idéia de planejamento familiar como uma forma de melhorar a qualidade de vida das populações do mundo; a preocupação com o "início precoce da vida sexual" e o aumento do número de adolescentes grávidas; e a explosão, em meados da década de 80 do século passado, de casos de Aids, especialmente em pessoas que não faziam parte daquele grupo que era reconhecido, até então, como "grupo de risco" e historicamente associado às doenças sexualmente transmissíveis (homossexuais, prostitutas, usuários de drogas injetáveis). Diante deste conjunto de fatores, uma vasta produção textual foi posta a circular por diferentes atores sociais, com o objetivo de instruir os sujeitos a respeito de como deve ser uma "conduta sexual sadia". Em geral, esses textos buscam divulgar noções como as de sexo seguro e gravidez planejada. Paralelamente, a Igreja Católica vem elaborando, também, documentos que tratam da sexualidade humana, porém de outra perspectiva. Ideias como as de sexo seguro ou de contracepção são duramente criticadas pela Igreja, que propõe outras condutas para que as pessoas vivam sua sexualidade de maneira adequada: abstinência sexual e fidelidade no casamento. Para esta pesquisa - desenvolvida no interior do quadro teórico da Análise do Discurso Francesa, considerando, em especial, as propostas teóricas e metodológicas de Dominique Maingueneau - parto de duas suposições iniciais: i) a de que existe, em nossa sociedade, um espaço em que é produzida e posta a circular uma grande quantidade de textos cujo objetivo é instruir os sujeitos a respeito de uma conduta sexual sadia; e ii) a de que neste espaço, há, pelo menos, dois posicionamentos - um laico e um católico - em confronto para decidir quem está mais apto a mostrar aos indivíduos as verdades sobre o sexo. Assim, por meio do estudo destes dois posicionamentos - cujo relacionamento se dá, em boa medida, de modo polêmico - esta tese busca verificar como nossa sociedade tem tratado do tema da educação sexual de seus cidadãos

Abstract: The sex education theme has been acquiring more and more visibility in our society in the last three or four decades. Especially, three factors related to individual's sexual practices have a considerable role in this scenary: the dissemination of the idea of family planning as a manner of improving life quality around the world; the concern with the "early beginning of sexual life" and the increase in adolescent fertility; and the rise in Aids cases in the 80's, especially among people that were not part of that group recognized, untill then, as "risk group" and historically associated with sexually transmited diseases (homosexuals, prostitutes, injecting drug users). Given this set of factors, a vast textual production was placed to circulate by different social actors, in order to educate individuals about how a "healthy sexual behavior" is supposed to be. In general, these texts promote notions as safe sex and pregnancy planning. In parallel, the Catholic Church has been elaborating, as well, documents that address human sexuality issues, but from another perspective. Ideas such as safe sex or contraception are harshly criticized by the Church, which proposes other procedures for people live their sexuality in an appropriate manner: sexual abstinence and fidelity within marriage. For this research - developed within the theoretical framework of French Discourse Analysis, considering in particular the theory and methodology proposed by Dominique Maingueneau - two initial assumptions are the starting point: i) that exists in our society a space in which is produced and placed to circulate a large amount of texts whose purpose is to educate individuals about healthy sexual conduct; and ii) that in this space, there are at least two positions - one secular and other catholic - in confrontation to decide who is more able to show people the truth about sex. Therefore, through the study of these two positions - whose relationship is largely polemical - this thesis aims at examining how our society has been addressing the issue of sexual education of their citizens
Subject: Educação sexual
Igreja Católica
Estado
Polêmicas
Semântica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fossey_MarcelaFranco_D.pdf1.55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.