Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/268873
Type: TESE
Title: Estereótipos em piadas sobre baiano
Title Alternative: Stereotypes in jokes about baiano
Author: Souza, Alan Lobo de, 1984-
Advisor: Possenti, Sírio, 1947-
Abstract: Resumo: A noção de estereótipo resume, em diferentes perspectivas teóricas, a caracterização de uma idée recue, um lugar-comum, representações cristalizadas na sociedade, no imaginário coletivo. Tratando-se de piadas, este espaço simbólico de significações necessita ser abordado de maneira minuciosa, de modo que seja possível descrever o funcionamento discursivo envolvido na construção de determinadas representações em uma piada, isto é, não podemos desprezar as determinações sócio-históricas que marcam o imaginário coletivo. Uma decisão que nos impõe o seguinte questionamento: quais as condições históricas de produção que possibilitam que determinado grupo seja o objeto do riso a partir de determinados estereótipos (e não outros)? Neste trabalho, voltaremos à atenção para um conjunto de piadas sobre baiano selecionadas, em grande parte, de sites da internet, ou mesmo de livros que trabalhem com o humor, como a obra de Pimentel (2009). Em outras palavras, propomos investigar as ligações que determinadas representações estereotípicas associadas ao baiano mantêm com a História. Ao adotar a perspectiva de Maingueneau (2008a, 2008b), que sublinha o primado do interdiscurso sobre o discurso, o objeto desta pesquisa não se limita ao discurso humorístico, mas ao conjunto de discursos que são manifestados no ato do funcionamento discursivo do humor em piadas sobre baianos. O objetivo central deste trabalho é analisar o modo como esses textos se relacionam e se mantêm, estabelecendo representações frequentemente encaradas como verdades correntes

Abstract: The idea of stereotype summarizes, in different theoretical perspectives, the characterization of an idée recue, a commonplace, consolidated representations in the society, in collective imaginary. When dealing about jokes, this symbolical space of meanings needs to be approached thoroughly, so that be possible to describe the discursive functioning involved in the construction of certain representations in a joke, that means, we can't despise socio historical determinations that defines the collective imaginary. A decision that imposes the following question: what are the historical conditions of production that enables that a specific group be an object of laughter from specific stereotypes (and not others)? In this work we will turn attention to a group of jokes about baiano selected, largely, in sites from internet or even in humor books like Pimentel (2009). In other words, we propose to investigate the connections that determined stereotypes representations associated to baiano keep on History. When adopted Maingueneau's perspective (2008a, 2008b), that emphasizes the primacy of a interdiscourse about speech, the aim of this search is not limited to the humorous discourse, but to the group of discourses expressed in the act of discursive functioning of humor in jokes about baianos. The main objective of this work is to analyze the way how these texts are related and still often establishing representations seen like current truth
Subject: Análise do discurso
Estereótipos (Psicologia social) na literatura
Humorismo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_AlanLobode_M.pdf609.43 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.