Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/26789
Type: Artigo de periódico
Title: Teste de percepção da fala HINT Brasil em grupos de sujeitos expostos e não expostos a ruído ocupacional
Title Alternative: Speech perception test HINT Brazil in groups of subjects exposed and not exposed to occupational noise
Author: Arieta, Aline de Moraes
Couto, Christiane Marques do
Costa, Everardo Andrade da
Abstract: PURPOSE: investigate the difference in the signal to noise ratio in subjects exposed and not exposed to occupational noise, with and without hearing loss using the Hearing in Noise Test, version in Portuguese of Brazil. METHOD: 206 subjects, 49 females and 157 males were evaluated and divided : 56 normal hearing without noise exposure (Group 1); 70 normal hearing exposed to occupational noise (Group 2); 80 exposed occupational noise with sensorineural hearing loss (Group 3). We analyzed the signal to noise ratio using the HINT Brazil in four presentation conditions: S-no noise, NF-noise front, NR-noise right, NL- noise left; RC-noise composite (weighted average of presentations with noise ) and the results were recorded in dB. RESULTS: the mean values ​​obtained were: G1: 25.0 (S), -5.0 (NF), -12.3 (NR), -12.4 (NL) and -8.7 (NC); G2 : 26.4 (S), -4.7 (NF), -11.9 (NR), -11.9 (NL) and -8.3 (NC); G3: 34.1 (S) - 2.8 (NF), -8.9 (NR), -8.8 (NL), -5.8 (NC). CONCLUSION: there was significant difference between the values ​​of the group of unexposed subjects (G1) with the above (G2) only on condition Noise Composite (NC). The group of subjects with hearing loss (G3) showed a significant difference in the groups G1 and G2, with worse performance in all conditions. The worst performance for speech understanding in noise was related to the degree of hearing loss and noise exposure.
OBJETIVO: investigar a diferença da relação sinal/ruído em sujeitos expostos e não expostos a ruído ocupacional, com e sem perda auditiva, com a utilização do Hearing in Noise Test na versão em Português do Brasil. MÉTODO: 206 sujeitos, 49 do gênero feminino e 157 do gênero masculino, foram avaliados e divididos em: 56 normo-ouvintes sem exposição a ruído (Grupo 1); 70 normo-ouvintes expostos a ruído ocupacional (Grupo 2); e 80 expostos a ruído ocupacional com rebaixamento audiométrico sensorioneural (Grupo 3). Foi analisado a relação sinal/ruído com o HINT Brasil em quatro condições de apresentação: S- sem ruído; RF- ruído frontal; RD- ruído a direita; RE-ruído a esquerda; RC- ruído composto (média ponderada das apresentações com ruído) e os resultados foram anotados em dB. RESULTADOS: os valores médios obtidos foram: G1: 25,0 (S), -5,0 (RF), -12,3 (RD), -12,4 (RE) e -8,7 (RC); G2: 26,4(S),-4,7(RF), -11,9(RD), -11,9(RE) e -8,3 (RC); G3: 34,1 (S), -2,8 (RF), -8,9 (RD), -8,8 (RE), -5,8 (RC). Observou-se diferença significante entre os valores do grupo de sujeitos não exposto (G1) com os do exposto (G2) apenas na condição Ruído Composto (RC). O grupo de sujeitos com rebaixamento audiométrico (G3) apresentou diferença significante em relação aos grupos G1 e G2, com pior desempenho em todas as condições de aplicação. CONCLUSÃO: o pior desempenho no entendimento da fala em ruído foi no grupo com perda auditiva quando comparado ao de normo-ouvintes com e sem exposição ao ruído.
Subject: Audição
Percepção da Fala
Testes Auditivos
Testes de Discriminação da Fala
Ruído
Hearing
Speech Perception
Hearing Tests
Speech Discrimination Tests
Noise
Editor: CEFAC Saúde e Educação
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1516-18462013000400007
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462013000400007
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462013000400007
Date Issue: 1-Aug-2013
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1516-18462013000400007.pdf240.48 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.