Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/267699
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Perspectivas da ENCEA para efetividade da participação na gestão de unidades de conservação
Title Alternative: Prospects for ENCEA effectiveness of participation in manegement of federal protect areas
Author: Fabi, Claudio Rodrigues, 1967-
Advisor: Tonso, Sandro, 1961-
Abstract: Resumo: O Brasil possui 313 Unidades de Conservação Federais envolvendo cerca de 80 milhões de hectares, quase 10% do território brasileiro. Essa imensa área requer estratégias participativas de gestão, inclusive já previstas em seus marcos legais. Partes significativas destas estratégias foram descritas no Plano Estratégico Nacional de Áreas Protegidas ¿ PNAP. O PNAP previu a formulação de uma Estratégia Nacional de Comunicação e Educação Ambiental no âmbito do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (ENCEA). Buscamos neste trabalho analisar os limites e as possibilidades que a ENCEA, através da Educação Ambiental, possui para auxiliar na gestão participativa das unidades de conservação, de modo a propiciar um meio ambiente ecologicamente equilibrado, essencial a sadia qualidade de vida como preconiza a Constituição Federal brasileira. Consideramos a Educação Ambiental como estratégia fundamental para que diferentes atores sociais participem da gestão de áreas especialmente protegidas de maneira mais qualificada de modo a propiciar não só um cuidado especial ao meio ambiente, mas também na busca da melhoria da qualidade de vida das populações residentes em UCs ou em seu entorno. A construção de novos marcos legais como a ENCEA podem auxiliar na missão de incentivar e instituir a participação em um país como o Brasil ,desigual tanto socioambientalmente quanto nos processos de tomada de decisão

Abstract: Brazil has 313 Federal protected areas involving about 80 million hectares, nearly 10% of the Brazilian territory. This vast area requires participatory management strategies, including already provided in their legal frameworks. Significant portions of these strategies were outlined in the National Strategic Plan for Protected Areas - PNAP ( Acronym in Portuguese). The PNAP predicted the formulation of a National Strategy for Communication and Environmental Education within the National System of Conservation Units (ENCEA Acronym in Portuguese). This work aims at analyzing the limits and possibilities that ENCEA through Environmental Education has to assist in participatory management of protected areas, in order to provide an ecologically balanced environment essential to a healthy quality of life as recommended by the Brazilian federal constitution. Consider environmental education as a key strategy for different social actors involved in the management of specially protected more qualified manner to provide not only a special environmental care areas, but also in the pursuit of improving the quality of life of local residents in PAs or their surroundings. The construction of new legal frameworks as ENCEA can assist in the mission to encourage and establish participation in a country like Brazil, uneven both socially and environmentally as in the processes of decision making
Subject: Educação ambiental
Áreas protegidas
Administração - Participação dos empregados
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FT - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fabi_ClaudioRodrigues_M.pdf969.45 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.