Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/267576
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Caracterização das propriedades de superficie de filmes de polipropileno tratados com descarga corona
Author: Carneiro, Mayra Paravidino
Advisor: Campos, João Sinézio de Carvalho, 1955-
Abstract: Resumo: As poliolefinas (PEAD, PEBD, PP, etc) são materiais poliméricos que possuem, tipicamente, baixa energia de superfície e pobres propriedades de adesão. Com intuito de melhorar tais propriedades foram desenvolvidas várias técnicas e dentre elas, destaca-se a técnica de descarga corona. Neste trabalho, filmes de polipropileno (PP) são tratados por descarga corona em condições ambientes controladas. Após o tratamento corona, parte das amostras tratadas é envelheci da (parte armazenada em vácuo e outra parte em ar) e ao final de 30, 60 e 90 dias de armazenamento é retratada; outra parte das amostras tratadas é lavada com solventes água e acetona. As superfícies destes filmes são caracterizadas através de medidas de ângulo de contato (8), espectroscopia FT1RIATR, teste de descolagem em "peel" e por análise térmica (DSC). As medidas de ângulo de contato (8) mostram que o tratamento corona diminui 8, indicando um aumento na molhabilidade da superfície dos filmes. Observam-se que os valores de 8 das amostras envelheci das aumentam com o decorrer do tempo de armazenamento e após o retratamento, estes valores tendem a aumentar mais gradualmente. Observa-se ainda que, a lavagem com solventes das amostras tratadas aumenta o valor de 8.As análises dos espectrogramas FT1RI A TR das amostras tratadas revelam o aparecimento de grupos contendo oxigênio (principalmente na forma de carbonilas). Observa-se que a concentração destes grupos aumenta em função do tempo de tratamento e que para as amostras envelhecidas e amostras lavadas, tais grupos permanecem porém, há certa diminuição na concentração destes. Os resultados dos testes de descolagem em "peel" mostram que o tratamento corona aumenta a força de descolagem e as análises de DSC mostram que o comportamento térmico das amostras tratadas não sofre alterações. Portanto, conclui-se que as propriedades de superfície dos filmes de PP melhoram com o tratamento corona e são influenciadas pelo tempo de armazenamento, retratamento e lavagem com solventes
Subject: Polipropileno - Superfícies
Descargas elétricas
Adesão
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FEQ - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Carneiro_MayraParavidino_M.pdf2.3 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.