Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/267266
Type: TESE
Title: Detecção de anticorpos anti-cardiolipidina em soros reais utilizando lipossomas polimerizados
Title Alternative: Detection of anti-cardiolipin antibodies from real sera using polymerized liposomes
Author: Martins, Moyses Ost Damm
Advisor: Santana, Maria Helena Andrade, 1951-
Abstract: Resumo: Neste trabalho, foi estudada a detecção da IgG-anticardiolipina presente em soros de pacientes com doenças autoimunes, utilizando lipossomas polimerizados. A vantagem desse sistema é o reconhecimento molecular e transdução de sinal em uma única etapa. O uso de soros reais, ao invés de soros de referência, objetivou avaliar a potencialidade dos lipossomas polimerizados para aplicação em diagnóstico clínico-laboratorial. Os estudos foram realizados com "pools" de soros de pacientes com doenças auto-imunes, os quais foram previamente caracterizados através da dosagem de três níveis de IgG-específica designados como alta (5152,01 mg/mL), média (2030,49 mg/mL) e baixa concentração (13,39 e 14,03 mg/mL). Soro sadio, com concentração de IgG anti-cardiolipina 5,58 mg/mL foi usado como controle. Os lipossomas monoméricos foram compostos do ácido diacetilênico 10,12-tricosadiinóico e cardiolipina. A polimerização foi feita por irradiação de luz ultravioleta com a máxima absorção na região do azul. As interações foram estudadas com a cardiolipina livre e na superfície dos lipossomas polimerizados. A discriminação entre os soros autoimunes e soro sadio foi estudada em lipossomas polimerizados, através da diluição dos soros ou através da sua purificação com gel de sepharose- proteína G, o grau de polimerização e a concentração de cardiolipina. Os resultados mostram que as ligações específicas são predominantes em relação às inespecíficas, porém os componentes não específicos exercem interferência expressiva. Nos lipossomas polimerizados, os padrões de absorbâncias do vermelho e do azul com o tempo, são diferentes para os soros autoimunes e sadio, resultando em sinais espectrais maiores para o soro sadio. A diluição ou purificação muda o padrão de absorbância do azul, a qual decresceu com a interação, intensificando o sinal colorimétrico do vermelho resultante. A polimerização e a concentração de cardiolipina intensificam os sinais colorimétricos, porém não discriminaram a olho nu a diferença entre soro sadio e autoimune. O estudo dos efeitos da diluição e purificação apontam condições onde a discriminação do sinal pode ser maximizada. Esses resultados mostram a potencialidade dos lipossomas polimerizados para a detecção de anticorpos anticardiolipina em soros reais em ensaio de etapa única, e demonstram a factibilidade da análise espectral no estudo de interações moleculares em sistemas complexos.

Abstract: This work studies the detection of anticardiolipin IgG present in the sera o patients with autoimmune diseases , using polymerized liposomes. The advantage of this system is the molecular recognition and transduction of signal in a single step. The use of real sera, instead reference sera, aimed to evaluate the potentiality of polymerized liposomes to application in clinical-laboratorial diagnosis. The studies were carried out using pools of sera from patients with autoimmune diseases, which were previously characterized through the dosage of specific IgG level. Three levels of specific-IgG were selected, which were classified as high (5152,01 mg/mL), medium (2030,49 mg/mL) and low concentration (13,39 e 14,03 mg/mL). Serum from healthy individuals, with 5,58 mg/mL IgG anti-cardiolipin was used as control. The monomeric liposomes were composed by the diacetylenic acid 10,12-tricosadiynoic and cardiolipin. The polymerization was perfomed by irradiation in the UV wave lenght, with the maximum absorption in the blue region. The interactions were studied on the free cardiolipin and on the surface of polymerized liposomes. The discrimination between autoimmune and health sera was studied in polymerized liposomes through the dilution of sera, purification of sera using sepharose- protein G gel, the polymerizatio level and the cardiolipin concentration. The results show that the specific binding are predominant in related to the inspecific ones, but the interference of non-specific components is significant. The patterns of absorbance in red and blue along time in polymerized liposomes are different for the autoimmune sera and healthy serum. The dilution or purification chages the absorbance pattern in the blue, which decreasing as a consequence of the interaction, intensifying the final red signal. The polymerization and the cardiolipin concentration in liposomes intensified the colorimetric signals, but they don't discriminate by naked eye the dfferences between autoimmune and health sera. The study of the effects of dilution and purification pointed out to conditions where the signal discrimination may be maximized. These results show the potentialities of polymerized liposomes to detection of anticardiolipin antibodies in real sera using a single step assay. Furthermore, they demonstrate the factibility of the spectral analysis on the study of molecular interactions in complex systems.
Subject: Lipossomos
Cardiolipinas
Auto-anticorpos
Nanotecnologia
Imunoensaio
Biosensores
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:FEQ - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Martins_MoysesOstDamm_M.pdf2.21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.