Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/267161
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Desenvolvimento de um metodo de produção de silica de porosidade controlada e sua utilização na imobilização de proteinas
Author: Trevisan, Henrique Celso
Advisor: Mei, Lúcia Helena Innocentini, 1953-
Abstract: Resumo: Essa dissertação apresenta os resultados com o objetivo de se produzir suportes silicicos de porosidade controlada para a imobilização de enzimas. Inicialmente, sílicas de três procedências, uma preparada em laboratório e duas disponíveis comercialmente, foram submetidas a tratamento hidrotérmico em cinco temperaturas, os produtos resultantes caracterizados por porosimetria de intrusão de mercúrio e suas capacidades de imobilização da enzima amiloglicosidase avaliadas. Os resultados sugeriram uma relação linear entre a pressão do tratamento hidrotermico e o diâmetro de poro médio resultante, mostrando também que a sílica preparada em laboratório era mais adequada para imobilização da enzima. Partindo-se dos dados anteriores, começou-se a otimizar o método de preparação da sílica, como o objetivo de melhorar a capacidade de imobilização do material, avaliando-se a qualidade dos produtos pela medida do volume de intrusão de água, porosimetria de mercúrio e imobilização de amiloglicosidase. Os suportes foram considerados adequados quando se conseguiu imobilizar uma quantidade de enzima equivalente aos melhores dados encontrados na literatura. Para suportes tratados a 150-270¿GRAUS¿C, obteve-se diâmetros médios de poro de 100-790A e conseguiu-se estabelecer uma relação simples entre a temperatura e o tamanho de poro resultante. Esses suportes foram caracterizados por porosimetria de mercúrio e microscopia eletrônica de varredura e utilizados na imobilização de "horsehadish" peroxidase, amiloglicosidase, glicose oxidase, invertase, lactase e albumina de soro bovino...Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital

Abstract: This dissertation presents the results aiming the development of controlled pore siliceous supports for enzyme immobilization. At first, silicas from three sources, one prepared in laboratory and two commercially available, were submitted to hydrothermal treatment in five temperatures, the resulting products were characterized by mercury intrus10n porosimetry and their capacity of immobilizing the enzyme amyloglucosidase were evaluated. The results suggested a linear relationship of the hydro thermal treatment pressure with .the medium pore diameter and also showed that the silica prepared in laboratory was the more suitable for enzyme immobilization. Starting from the previous data, the method optimization for preparation of the silica support was initiated, being the quality of the products evaluated by measuring the water intrusion volume, mercury porosimetry and amyloglucosidase immobilization. 150-270.C, the medium pore diameter was 100-270A, relation between the temperature and the resulting was established. The last supports were characterized by mercury porosimetry and scanning electronic microscopy and the immobilization of horseradish peroxidase, amyloglucosidase, glucose oxidase, invertase, lactase and bovine serum albumin were afforded. For each protein, the optimum pore diameter for immobilization and the relation between the immobilized activity and the particle size, in this optimum diameter, was established ...Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations
Subject: Sílica
Enzimas imobilizadas
Porosidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1993
Appears in Collections:FEQ - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Trevisan_HenriqueCelso_D.pdf6.35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.