Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/26711
Type: Artigo de periódico
Title: Morfologia e fitomassa do girassol cultivado com déficits hidricos em diferentes estádios de desenvolvimento
Title Alternative: Morphology and biomass of sunflower plants grown under water deficits in different development stages
Author: Silva, Alexandre R. A. da
Bezerra, Francisco M. L.
Freitas, Cley A. S. de
Pereira Filho, João V.
Andrade, Ricardo R. de
Feitosa, Daniel R. C.
Abstract: The objective of the present study was to evaluate the morphology, biomass production and biomass partition of sunflower (Multissol cultivar) when subjected to water deficit at Pentecoste, CE - Brazil. An experimental design in randomized blocks was used as split plots in time (8 x 3) with four replications, with the treatments defined by the development stage for application of water deficit vegetative, flowering and formation of production stages corresponding to the occurrence of water deficit at stages 1, 2 or 3 and three evaluation periods at 52, 68 and 110 days after sowing. The plant height, number of leaves and stem diameter were negatively influenced by the isolated effects of the water deficits and evaluation periods. The water deficits and evaluation periods interacted and affected the leaf area, dry mass of leaves, petiole, stem, head and total. The best response in terms of growth and biomass production occurred in the treatment presenting no water deficit throughout the cycle. The irrigation deficits did not change the biomass partition. The irrigation level equivalent to 50% of the ETo compromised morphology and biomass production, when applied at any development stage.
Objetivou-se, com este trabalho, avaliar a morfologia, a produção e a partição de fitomassa do girassol cv. Multissol quando submetido a déficits de irrigação em Pentecoste, CE. Utilizou-se o delineamento estatístico em blocos ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas no tempo (8 x 3), com quatro repetições, sendo os tratamentos definidos em função da época de indução do déficit de irrigação nos estádios vegetativo, floração e formação da produção, correspondendo à ocorrência de déficit hídrico em 1, 2 ou 3 estádios e três épocas de avaliação (aos 52, 68 e 110º dia após a semeadura). A altura da planta, o número de folhas e o diâmetro do caule foram negativamente afetados pelos efeitos isolados dos déficits de irrigação e das épocas de avaliação. Os déficits de irrigação e as épocas de avaliação interagiram e afetaram a área foliar, a massa seca da folha, do pecíolo, do caule, do capítulo e total. A melhor resposta em ganhos de crescimento e de produção de fitomassa deu-se no tratamento sem déficit de irrigação, em todo o ciclo. Os déficits de irrigação não modificaram a partição de fitomassa. O nível de irrigação equivalente a 50% da ETo comprometeu a morfologia e a produção de fitomassa quando aplicado em qualquer estádio de desenvolvimento.
Subject: Helianthus annuus L.
estresse hídrico
análise de crescimento
Helianthus annuus L.
water stress
growth analysis
Editor: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1415-43662012000900006
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1415-43662012000900006
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662012000900006
Date Issue: 1-Sep-2012
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1415-43662012000900006.pdf441.21 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.