Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/267076
Type: TESE
Title: Sintese e estudo do desempenho de suportes polimericos na imobilização de enzimas
Author: Cardoso, Vicelma Luiz
Advisor: Bittencourt, Edison, 1941-
Abstract: Resumo: A técnica de imoblização de enzimas vem sendo muito pesquisada atualmente, devido à possibilidade de sua utilização em processos enzimáticos que requerem alto custo na recuperação deste catalisador do meio reacional. As enzimas utilizadas nesse estudo foram a invertase e a amiloglicosidase imobilizadas nas resinas N-metilolacrilamida e uréia-formaldeído na forma pulverizada e impregnadas em microcamadas sobre malhas de poliéster. Neste trabalho foram estudadas a síntese e a caracterização das resinas, a preparação dos suportes, a caracterização das enzimas em fase líquida, e a influência de parâmetros importantes no desempenho das enzimas imobilizadas e no processo de imobilização, tais como: temperatura, pH, força iônica da solução tampão, estabilidade do catalisador após uso prolongado, agitação, concentração de enzimas nos suportes, grau de retenção das resinas nos tecidos, tempo de estocagem, estabilidade térmica e a conversão em função do tempo de reação. Foi desenvolvido ainda um estudo cinético das enzimas, imobilizadas em reator de leito fixo e um estudo da estabilidade operacional em reatores de leito fixo e de leito fluidizado. Os resultados experimentais conduziram à determinação de condições ótimas de operação, e mostraram um comportamento cinético segundo a equação de Michaelis-Menten, para ambas as enzimas em fase líquida e imobilizadas. O reator de leito. fixo comportou-se, aproximadamente, como um reator tubular ideal. A estabilidade operacional mostrou um tempo de meia-vida para as enzimas imobilizadas, um pouco superior aos valores obtidos em outros trabalhos. De maneira geral, apesar de se: verificar uma queda significativa na atividade catalítica das enzimas imobilizadas, relativa às enzimas livres, os resultados obtidos com esses suportes mostraram-se superiores aos encontrados por vários pesquisadores.

Abstract: Enzyme immobilization is presently being investigated widely due to the possibility of its application in enzymatic processes with high cost of catalyst recuperation from the reaction medium. In this study, invertase and-amiloglicosidase were immobilized in N-metilolacrylamide and urea-formaldehyde resins impregnated in microlayers on polyester lattice, and polymerized resins pulverized by ball milling. Items studied were synthesis, resin characterization, lattice preparation, enzyme characterization in the liquid phase, and the influence of parameters important to immobilized performance and the immobilization process, such as temperature, pH, ionic force of the buffer solution, catalyst stability after prolonged use, agitation, enzyme concentration, level of retention of enzyme, storage time, thermal stability and conversion as function of reaction time. Also studied were kinetics of immobilized enzymes in a fixed bed reactor and operational stability in fixed and fluidized beds reactors. Optimum operating conditions were determined Kinetic behavior of both enzymes in the liquid and immobilized phases was according to the Michaelis-Menten equation. The fixed bed reactor performed approximately like an ideal tubular reactor. The half life of immobilized enzymes was found be slightly superior to that obtained by other workers. In general, catalytic activity of immobilized enzymes is significantly lower than that free enzymes. Results obtained superior to those obtained by other workers.
Subject: Enzimas imobilizadas
Engenharia química
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1988
Appears in Collections:FEQ - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cardoso_VicelmaLuiz_M.pdf4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.