Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/266703
Type: TESE
Title: Utilização de quitina e mordente na remoção do corante preto Remazol B por adsorção
Title Alternative: Use of chitin and mordant in the removal of Remazol black B dye by adsorption
Author: Ohashi, Tadashi
Advisor: Tambourgi, Elias Basile, 1957-
Abstract: Resumo: Neste trabalho foi investigado o tratamento físico-químico para a remoção do corante reativo Preto Remazol B por adsorção utilizando quitina isolada de resíduo industrial (exoesqueleto de camarão). A extração da quitina foi feita a partir do resíduo industrial de exoesqueleto de camarão através do tratamento de descoloração com NaClO, seguido de desproteinização por álcali à temperatura de 100ºC e liofilização. A quitina obtida foi separada por granulometria, sendo selecionada para os estudos com adsorção a fração da malha 16. O processo de remoção do corante reativo Preto Remazol B foi utilizado como um novo método, aplicando a técnica de adsorção, com posterior laqueadura com soluções inorgânica e orgânica como mordentes, no sentido de aumentar e melhorar a fixação do corante hidrolisado. Um planejamento fatorial de dois níveis foi empregado para analisar a influência da velocidade de agitação, pH, tempo de adsorção e temperatura num sistema de banho finito, contendo uma solução do corante Preto Remazol B, operando em sistema de pressão ambiente. Nos experimentos, o volume do banho e as quantidades do adsorvente foram mantidas constantes em sistema aberto, sob agitação constante. A variação das velocidades foi planejada em baixa, média e alta agitação em Banho-Maria. Os resultados obtidos demonstraram que a adsorção realizada em temperatura elevada apresentou melhor rendimento nos tingimentos, como também no pH 3,0 do banho. O produto formado da complexação Preto remazol B e quitina foi separado da solução por decantação, sendo a quantidade do corante não adsorvida determinada por espectrofotometria em UV-Vis, usando uma curva de calibração do corante a 597nm. Os ensaios 11 e 13 respectivamente, indicaram absorbância zero a ? = 597 nm, sugerindo que, no tingimento propriamente dito, a eficiência de adsorção dos corantes ocorreu no meio ácido, e que outros fatores como tempo, temperatura e velocidade não influenciaram diretamente no rendimento. A operação pós-tingimento denominada de polimento, determinou definitivamente o resultado final da adsorção, onde o uso da solução de sulfato de alumínio a 2%, como mordente possibilitou maior adesão do corante reativo hidrolisado à quitina no banho de tintura. O novo tratamento físico-químico proposto removeu totalmente o corante do efluente têxtil, apresentando baixo custo, além de gerar um produto similar a não-tecido

Abstract: In this work was investigate the physical-chemical treatment for the removal Remazol Black B dye reagent by adsorption using chitin isolated from industrial waste (exoskeleton shrimp). The extraction of chitin was made from industrial waste of shrimp (exoskeleton of shrimp) in the decolorization treatment with NaClO, followed by deproteinization of alkali solution at temperature of 1000C, and freeze dried. The chitin were separated by granulometry corresponding to fraction mesh 16. The removal process of Remazol Black B dye was used a new method applying the technique of adsorption with subsequent ligation with inorganic and organic mordants solutions, in order to enhance and improve the fixing of dye hydrolyzate. A two -level of factorial design was employed to analyze the influence of stirring speed, the pH, and temperature in adsorption system containing a finite bath synthetic solution of Remazol Black B dye, operating in pressure system. In the experiments, the volume of the bath and the amount of the adsorbent were kept constant agitation. The ranges of speeds were planned in low medium and higher agitation in water bath. The results showed that the adsorption carried out at elevate temperature has a better efficiency in dyeing, but also the bath pH3.0. The product formed by complexation Remazol Black B and chitin was separated from the solution by decantation, and the amount of the dye do not adsorbed was determined by UV-Vis spectrophometer using a calibration curve in colorant at 597nm. The assays 11 and 13, respectively, indicated absorbance at ? = 597 nm zero, suggesting adsorption efficiency of the dyes takes place in acid médium, and other factors such as time, temperature and speed (rpm) do not directly influenced the process. The operation after dyeing called polishing definitively determine the final result of adsorption, where the use of aluminium sulphate solution at 2%, promoted greater adherence allowed hydrolyzate of the reactive dye in the bath and chitin, suggesting the new proposed physical-chemical treatment to removal dyes pigments from textile effluent, and showed low cost, beyond that generate similar to a non-woven
Subject: Meio ambiente
Indústria têxtil - Curitiba (PR)
Corantes
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:FEQ - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ohashi_Tadashi_D.pdf6.25 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.