Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/266495
Type: TESE
Title: Poli (epicloridrina) : sintese e carcterização
Author: Guanaes, Danielle Ladeira Seiblitz
Advisor: Bittencourt, Edison, 1941-
Abstract: Resumo: Uma das alternativas muito estudada para obtenção de propelentes com uma maior energia é a da utilização de polímeros energéticos. Nesta linha de pesquisa, diversos estudos têm sido desenvolvidos com o polímero de glicidil azida, Glycidyl Azide Polymer (GAP). A sua síntese envolve a polimerização da epicloridrina seguida pela azidação, onde os átomos de cloro são substituídos por grupos azido. As hidroxilas livres que possibilitam a cura do GAP durante o processamento do propelente provem da poli(epicloridrina) (PECH). Assim, um dos objetivos deste trabalho foi a identificação de uma rota de síntese que gerasse uma PECH com terminação hidroxila. Para obtenção desse polímero, a polimerização catiônica por abertura de anel da epicloridrina deve ser conduzida na presença de um álcool, iniciador, e uma ácido de Lewis. De acordo com a literatura, as condições da polimerização, tais como velocidade de adição do monômero, temperatura e iniciador, podem influenciar algumas das propriedades do produto final. Por meio da utilização de um planejamento fatorial 23 foi verificado a influencia das condições de polimerização na massa molar e na polidispersividade do produto final. Os métodos utilizados neste estudo foram: espectrometria no infravermelho com transformada de Fourier (FT-IR) para determinação das ligações químicas, espectrometria em massa (MS) MALDI-TOF para unidade repetitiva e grupo terminal e cromatografia de permeação em gel (SEC) para massa molar e polidispersividade

Abstract: One of the alternatives studied to obtain propellants with higher energy is through the use of energetic polymer. In this line of investigation, many researches have been developed with the Glycidyl Azide Polymer(GAP). Its synthesis involve the epichlorohydrin polymerization followed by the azidation, where the chloro atoms are substituted by the azide groups. The free hydroxyl groups which make possible the GAP cure during the propellant processing came from the polyepichlorohydrin (PECH). Then, one of the objectives of this work was the identification of a synthesis route that generate a PECH with a hydroxyl end group. To obtain this polymer, the epichlorohydrin cationic ring opening polymerization must be conducted in presence of an alcohol, initiator, and a Lewis acid. According to literature, the polymerization conditions, such as monomer addition rate, temperature and initiator influence some end product properties. Using a experimental design 23 it was verified the influence of the polymerization conditions in the molecular weight and in the polydispersion of the end product. The analysis methods used in this work was infrared for the chemical bonds determination, MALDI-TOF mass spectrometry for the repeating unit and terminal group masses and gel permeation chromatography for molecular weight and polydispersition
Subject: Polimerização
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:FEQ - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Guanaes_DanielleLadeiraSeiblitz_M.pdf1.03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.