Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/266405
Type: TESE
Title: Modificação superficial de polietileno de baixa densidade atraves de enxertia quimica e fotoquimica para fins biomedicos
Author: Batistom, Mariza
Advisor: Mei, Lúcia Helena Innocentini, 1953-
Abstract: Resumo: Na tentativa de aumentar a biocompatibilidade de polímeros, dois tipos de enxertia foram realizados utilizando-se polietileno de baixa densidade (LDPE) como substrato: enxertia química e fotoquímica. No caso fotoquímico, desenvolveu-se um reator para a realização da enxertia de três monômeros: ácido acrílico, acrilamida e metacrilato de glicidila. No copolímero enxertado com metacrilato de glicidila imobilizou-se heparina, que é um anticoagulante, e albumina, uma proteína passivadora de superfície. A imobilização de heparina e albumina também foi realizada através de enxertia química usando um agente de ligação, o polietilenoimina. As técnicas para caracterização de superfície utilizadas foram: Espectroscopia de Infravermelho de Reflexão Total Atenuada (ATR-IR), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), medidas de ângulo de contato e métodos colorimétricos. Para a caracterização quanto à trombogenicidade foram realizados testes in vitro de adesão plaquetária e Tempo de Trombosplatina Parcial Ativado (TTPA). Todas as reações de enxertia foram confirmadas através dos espectros de A TR -IR. A imobilização de albumina e heparina foram também confIrmadas através de testes colorimétricos. Os tratamentos realizados foram eficientes para a inibição de adesão plaquetária, mas apenas o copolímero LDPE-g-ácido acrílico apresentou aumento no tempo de coagulação medido através do TTP A

Abstract: In order to improve the thromboresistance of low density polyethylene (LDPE), we modified the surfaces of this material by chemical and photochemical grafting. A photochemical reactor was developed to graft several monomers: acrylic acid, acrylamide and glycidyl methacrylate. Polyethylene grafted with glycidyl methacrylate was used to immobilize heparin which is an anticoagulant and albumin which is a passivating protein. Another method was used to bind heparin and albumin using the polyethylenimine as spacer. For surface characterization different methods have been used: contact angle measurements, colorimetrics methods, Scanning Electron Microscopy, Attenuated Total Reflection Infrared and in vitro biocompatibility tests. The results confmned alI the grafting reactions. The platelets adhesion was inhibited in every treatments, but the sample that demonstrated the improvement of the thromboresistance was LDPE-AA
Subject: Polietileno
Enxertia
Materiais biomédicos
Biocompatibilidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1995
Appears in Collections:FEQ - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Batistom_Mariza_M.pdf3.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.